Espanha

Aragonés: “O estilo da Espanha não vem do Barcelona”

Campeão da Euro 2008 à frente da seleção espanhola, Luis Aragonés afirmou que o padrão de jogo apresentado pela equipe nos últimos anos, prezando pelo passe e pela posse de bola, não é inspirado no Barcelona. Segundo o técnico, a explicação se dá pela forma como os principais jogadores do time atuam.

“O estilo da Espanha não vem do Barcelona. É uma questão dos jogadores que compõem o time. Há quatro anos, só três jogadores vinham do Barça. Agora são alguns mais e todos os conhecemos. O estilo obedece unicamente à qualidade dos futebolistas e essa qualidade leva uma união e uma posse de bola difícil de conter”, disse.

Na decisão de 2008, Carles Puyol, Andrés Iniesta e Xavi foram os representantes blaugranas contra a Alemanha. Já na final de 2012, o clube catalão contou com Gerard Piqué, Sergio Busquets, Xavi, Andrés Iniesta e Cesc Fàbregas entre os titulares, além de Pedro entrando no segundo tempo.

O treinador ainda comentou a exaltação feita à Fúria após o novo título continental: “É difícil dizer que a Espanha é a melhor da história. Mas, sim, é uma das maiores. E por muitas razões, sobretudo por sua ideia futebolística e pela maneira que tem de jogar e de dominar o jogo”.

Perguntado sobre os estilos de jogo entre a Espanha atual e o Brasil de 1970, Aragonés respondeu que “existem semelhanças” entre os times, mas que eles não se parecem em absoluto porque “os brasileiros tinham mais técnica individual, mas menos precisão que os espanhóis”.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo