Copa do ReiEspanha

A zoeira, ela não perdoa: Após eliminação do Real, Cheryshev é ovacionado pelo Camp Nou

Denis Cheryshev é bom jogador, mas acabará marcado durante muito tempo por seu episódio insólito na Copa do Rei. Para quem não se lembra, o meia “eliminou” o Real Madrid do torneio nesta temporada, ao ser escalado irregularmente pelos merengues contra o Cádiz. No último dia da janela de inverno, o russo foi emprestado ao Valencia. E logo na estreia, precisou aguentar a zoeira das arquibancadas do Camp Nou, durante a goleada por 7 a 0 dos blaugranas no jogo de ida da semifinal.

Cheryshev entrou em campo já no segundo tempo, quando o Barcelona acabara de anotar o quarto gol. Foi ovacionado pelos catalães, que ainda cantavam “te quiero” ao jovem. O episódio bisonho é apontado como um dos principais motivadores da demissão de Rafa Benítez do Real Madrid. É bom o talentoso meia aprender a lidar com a galhofa, porque ela não deve terminar tão cedo.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo