ÁfricaEliminatórias da Copa

Tunísia trava jogo com Mali e garante vaga na sua sexta Copa bem ao seu estilo

Empate sem gols em casa foi o suficiente para a Águia do Cártago selar a sua passagem à Copa do Mundo no fim do ano

A Tunísia selou a sua classificação à Copa do Mundo 2022 com uma partida bem ao seu estilo. Em casa, empatou em 0 a 0 com Mali, depois de vencer por 1 a 0 fora de casa, e carimbou seu passaporte rumo ao primeiro Mundial no Oriente Médio. Será a sexta Copa do Mundo da Tunísia, que participou também em 1978, 1998, 2002, 2006 e 2018.

A Águia do Cartago era favorita no confronto, pela tradição e força. O jogo passou longe de ser um atrativo em termos de entretenimento. Aliás, a Tunísia pode ser bem chamada de inimiga do entretenimento, porque é uma equipe muito forte defensivamente que normalmente gosta de travar os jogos. Mali, que tentou jogar no primeiro jogo, acabou perdendo e, desta vez, fora de casa, não mostrou capacidade de criar boas chances para marcar um gol.

Os jogos da Tunísia não primam pelos gols, nem feitos, nem sofridos. Os últimos cinco jogos da Tunísia tiveram no máximo um gol marcado, para um lado ou outro. A última partida com mais do que isso foi a goleada tunisiana sobre a Mauritânia por 4 a 0, na Copa Africana de Nações, em janeiro.

O jogo, sem muitas chances, acabou só aos 97 minutos e os tunisianos comemoraram demais a classificação. A festa foi toda da torcida da Tunísia no Stade Hammadi Agrebi, em Rades. É o fim do sonho de Mali chegar à sua primeira Copa do Mundo. Pesou a força tunisiana na defesa, que pode tornar os jogos chatos, mas costuma ser bastante eficiente. Agora é esperar o que será desse time na Copa do Mundo.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo