BrasilEliminatórias da Copa

Tite convoca Seleção sem os principais jogadores que atuam no Brasil e promove a volta de Coutinho

Jogadores que vinham sendo chamados ficaram fora para não perderem jogos do Brasileirão; Brasil enfrenta Colômbia e Argentina

O técnico Tite anunciou os convocados para a seleção brasileira que joga as partidas das Eliminatórias da Copa do Mundo contra a Colômbia e Argentina e não terá os principais jogadores que atuam no Brasil. Jogadores de Palmeiras, Flamengo e Atlético Mineiro, que vinham sendo convocados, ficaram fora da lista para poderem jogar no Campeonato Brasileiro e para a final da Libertadores, sem atrapalhar a preparação dos clubes brasileiros.

VEJA MAIS:
30 jogadores que aproveitaram bem a Data Fifa e ganharam moral em suas seleções
Raphinha fechou seu baile de debutantes brilhando na grande atuação do Brasil em Manaus
O centenário de Zizinho, o gênio de uma era do futebol brasileiro

O Brasil é líder das Eliminatórias da Copa na América do Sul, com 31 pontos em 11 jogos – seis a mais que a vice-líder Argentina e 15 pontos a mais que o Uruguai, quinto colocado. A situação é muito tranquila e, até por isso, o técnico resolveu não convocar jogadores que estão em um momento decisivo na temporada brasileira e que sempre gera reclamações, ainda mais neste momento.

Atlético Mineiro, Flamengo e Palmeiras estão envolvidos nas disputas de Campeonato Brasileiro e, no caso dos dois últimos, da Libertadores também, que terá sua final no dia 27 de novembro. Os convocados perderiam jogos entre os dias 8 e 16, no mínimo. Provavelmente perderiam jogos do dia 18, já que teriam menos de 24 horas para se recuperar. No caso do Flamengo, por exemplo, seriam pelo menos quatro jogos de ausência dos convocados. No caso do Palmeiras, seriam três jogos perdidos pelos convocados. Jogadores do Atlético Mineiro perderiam dois jogos.

Entre os convocados, o nome que mais chama a atenção é o meia Philippe Coutinho, do Barcelona. O jogador ainda vive uma temporada de retomada, onde vinha sendo reserva e ainda não conseguiu jogar nem em quantidade, nem em qualidade. Em sua defesa, o time de Ronald Koeman era mal armado e mal escalado, incluindo a própria falta de minutos a Coutinho, que poderia ter jogado mais diante da situação.

Entre os ausentes, o que mais chama a atenção é Vinícius Júnior. O ponta do Real Madrid tem sido um grande destaque neste início de temporada, mas ficou fora da lista. A justificativa de Tite foi pouco elucidativa ao dizer que quer ver o que Antony pode fazer – e deu a entender, assim, que os dois disputam uma vaga.

Claudinho, do Zenit, é outro que acaba ficando fora em um momento que jogou bem, vem de uma boa Olimpíada e acabou não tendo chance no time principal porque o seu clube o impediu de jogar na última vez que foi convocado. Seria uma opção interessante como meia-atacante, posição que Lucas Paquetá tem sido o mais utilizado.

O Brasil joga no dia 11, quinta-feira, na Neo Química Arena, contras a Colômbia, às 21h30 (horário de Brasília). Nodia 16, o Brasil vai até a Argentina, em San Juan, enfrentar a seleção da casa com Lionel Messi e companhia. O jogo está marcado para 20h30, no horário de Brasília. Os jogos serão transmitidos por Globo e SporTV.

Confira a lista de convocados:

Goleiros: Alisson (Liverpool-ING), Ederson (Manchester City-ING), Gabriel Chapecó (Grêmio);

Laterais: Danilo (Juventus-ITA), Emerson Royal (Tottenham-ING), Alex Sandro (Juventus-ITA), Renan Lodi (Atlético de Madrid-ESP);

Zagueiros: Éder Militão (Real Madrid-ESP), Lucas Veríssimo (Benfica-POR), Marquinhos (Paris Saint-Germain-FRA), Thiago Silva (Chelsea-ING);

Meias: Casemiro (Real Madrid-ESP), Fabinho (Liverpool-ING), Fred (Manchester United-ING), Gerson (Olympique de Marseille-FRA), Lucas Paquetá (Lyon-FRA), Philippe Coutinho (Barcelona-ESP)

Atacantes: Antony (Ajax-HOL), Roberto Firmino (Liverpool-ING), Gabriel Jesus (Manchester City-ING), Matheus Cunha (Atlético de Madrid-ESP), Neymar (Paris Saint-Germain-FRA), Raphinha (Leeds United-ING).


Quem você acha que ficou de fora e deveria ter sido convocado? E quem está na lista e não deveria? Deixe seu comentário!

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo