América do SulBrasilEliminatórias da Copa

Não empolgou, mas serviu: com gol de Paquetá, Brasil está classificado à Copa do Mundo

A seleção brasileira mais vez participou de um jogo feio, mas venceu a Colômbia por 1 a 0 em Itaquera e carimbou sua vaga para o Catar

O Brasil nunca deixou de disputar uma Copa do Mundo e não será desta vez. Na Arena do Corinthians, a seleção brasileira e a Colômbia apresentaram um futebol travado e pouco empolgante, talvez apropriado para ser o jogo que garantiu a vaga para os pentacampeões mundiais. Porque foi assim a maior parte das Eliminatórias Sul-Americanas. Com um lindo toque de Neymar, Lucas Paquetá marcou de perna direita, o Brasil venceu por 1 a 0 e carimbou a sua vaga para disputar o Mundial do Catar ano que vem.

A seleção brasileiras se classifica ao Catar com uma campanha excepcional. São 11 vitórias e um empate em 12 jogos. Apenas quatro gols sofridos. Domínio absoluto sobre o continente sul-americano, embora ainda não tenha enfrentado a Argentina. Mostrou ser um time competitivo, que brigará pelo título mundial. Qualquer um que tem um sistema defensivo tão forte e conta com jogadores como Neymar no meio para a frente tem uma chance.

Tite sofreu com desfalques desde o começo do campeonato, em outubro do ano passado. O acúmulo de jogos por causa da pandemia também atrapalha. Neymar muitas vezes não apresentou sua melhor versão. O treinador buscou algumas alternativas táticas, testando um 4-4-2, ou uma formação sem centroavantes, mas, no geral, a sensação é que o nível de futebol da Seleção tem regredido desde a Copa do Mundo da Rússia.

Essa é a preocupação que ele tem que ter daqui para a frente. Atuar melhor, principalmente contra defesas fechadas, como a da Colômbia nesta quinta-feira, e reencontrar os gols que parecem ter se perdido no último ciclo. Se conseguir fazer isso, aumentará as chances de brigar pelo hexacampeonato no Catar.

Raphinha, grande destaque da última Data Fifa, foi mantido como titular pelo lado direito do ataque, ao lado de Gabriel Jesus e Neymar. Lucas Paquetá vai se firmando no meio-campo. Teve a companhia de Casemiro e Fred. Danilo e Alex Sandro fizeram as laterais, com Marquinhos e Thiago Silva como dupla de zaga. Alisson foi titular debaixo das traves.

E durante muito tempo, pouca coisa aconteceu. Danilo mandou de fora da área por cima do travessão, Zapata assustou, também de média distância, Paquetá mandou um voleio para fora, e Gabriel Jesus também errou. Paquetá, com um arremate rasteiro, levou David Ospina a fazer uma defesa fácil. O lance mais perigoso acabou saindo meio que por acaso. Danilo recebeu de Raphinha pela direita, cruzou rasteiro e um desvio levou a bola à trave.

Tite mexeu no intervalo. Tentou botar o time mais para frente, com Vinícius Júnior no lugar de Fred. Não resolveu. Neymar até levou perigo, em uma cobrança de falta, mas o jogo seguiu muito travado. A Colômbia fechava bem os espaços. Frustrava os brasileiros. Até que aos 27 minutos, Marquinhos interceptou uma bola no meio-campo e acionou Neymar. Com um toque de primeira, o craque acionou Lucas Paquetá, muito inteligente para deixar a bola passar pela sua perna esquerda e bater de direita, pegando Ospina desprevenido.

E foi mais ou menos isso. O Brasil chegou a 34 pontos, contra 16 da Colômbia, em quinto lugar, a cinco rodadas do fim – e com um jogo a menos, aquele contra a Argentina que foi suspenso. É o quarto time garantido no Catar. Além do país sede, Alemanha e Dinamarca também já carimbaram suas vagas por meio das Eliminatórias.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo