Brasil

William Carvalho não é o único nome no radar do Flamengo para repor possível saída de Thiago Maia

Tite e departamento de futebol identificaram a necessidade de mais um jogador para o meio-campo, pensando na saída de Thiago Maia

O Flamengo (finalmente) quer realizar movimentações mais incisivas para o meio-campo, diante da iminente resolução da negociação de Thiago Maia com o Internacional. Diversos nomes foram oferecidos ao longo de toda a janela de transferências e, agora, alguns emergem como possíveis candidatos à vaga, como no caso de Willian Carvalho, do Real Betis. O relógio, no entanto, não ajuda.

Por mais que tenha encontrado uma brecha para inscrever atletas após o fechamento da janela, o Flamengo ainda trabalha com o prazo do dia 07 de março, próxima quinta-feira, como o limite para fechar o elenco pensando no primeiro semestre. A comissão técnica definiu a prioridade e trabalha com nomes que vão além do português, oferecido ao Rubro-Negro.

Willian Carvalho vem?

Por enquanto não é possível dar nenhum tipo de certeza. Willian Carvalho foi oferecido por meio de um intermediário brasileiro, que apresentou condições do negócio ao departamento de futebol do Flamengo. Como Braz, Spindel e companhia não tiveram o aval da comissão técnica, não realizaram nenhum tipo de investida formal, seja ao estafe do atleta ou ao Real Betis.

Isso não significa que o nome não seja considerado interessante pelo Flamengo. O volante, de alto poder físico e defensivo, disputou as últimas três Copas do Mundo e joga em alto nível no futebol europeu há dez anos. É a chamada oportunidade de mercado, mas, nesse caso, existe um empecilho direto: os altos salários do português, que recebe mais de R$ 1 milhão por mês no futebol espanhol.

Willian Carvalho está no Real Betis desde a temporada 2018/2019 (Foto: Icon sport)

O Real Betis, por sua vez, espera proposta em breve, na casa dos 3,5 milhões de euros (R$ 18,7 milhões na cotação atual), entre valores fixos e bonificações. É importante frisar que o Flamengo já tentou negociar com os espanhóis em outro momento desta janela, pelos serviços de Luiz Henrique, que acabou fechando com o Botafogo. O primeiro a falar sobre o interesse em Willian Carvalho foi o UOL.

Outros nomes no radar

Não é só de Willian Carvalho que vive o Flamengo. A reportagem entende que, dentre os muitos nomes oferecidos, alguns permaneceram no radar do departamento de futebol. Um deles, por exemplo, é o do volante Marcos Antônio, que está no PAOK, da Grécia, e pertence a Lazio, da Itália. O atleta já vinha sendo monitorado há algum tempo pelo Rubro-Negro e, assim como o primeiro citado, também não recebeu proposta oficial.

Marcos Antônio é um dos nomes que esteve no radar do Flamengo nesta janela (Foto Tano Pecoraro/LaPresse)

Um jogador que atue no futebol brasileiro também pode ganhar prioridade, por conta de duas razões: a rapidez no processo de adaptação e a brecha no regulamento para inscrição, citada no início desta matéria. Esse é o pensamento de parte da comissão técnica do Flamengo.

Gatilho por saída de Thiago Maia

As movimentações no mercado têm tudo a ver com a negociação envolvendo Thiago Maia. Flamengo, Internacional e estafe do volante já estão em comum acordo, mas o clube carioca ainda tenta costurar a divisão dos lucros com o Lille, ex-clube do atleta, que ainda detém 50% de seus direitos econômicos. Por enquanto, brasileiros e franceses não chegaram nesse denominador comum. Ele treina em separado do elenco há quase um mês.

A semana, sem dúvida, será de muitas definições para o Flamengo. A reta final da janela de transferências está chegando, e o departamento de futebol pode entregar um último presente a Tite. Até o momento, três reforços já desembarcaram no Rio de Janeiro: Nicolás De La Cruz, Matias Viña e Léo Ortiz.

Foto de Guilherme Xavier

Guilherme Xavier

É repórter na cobertura do Flamengo há três anos, com passagens por Lance! e Coluna do Fla. Fã de Charlie Brown Jr e enxadrista. Viver pra ser melhor também é um jeito de levar a vida!
Botão Voltar ao topo