BrasilCampeonato Brasileiro

[Vídeo] Renato deu um show de categoria mais uma vez pelo Santos no Pacaembu

Renato é um desses jogadores chamado de moderno desde que se amarrava cachorro com lingüiça. O que estamos vendo neste Campeonato Brasileiro é uma série de exibições de gala do camisa 8 do Santos. Aos 37 anos, ele deu mais uma exibição de gala neste domingo à noite no Pacaembu, na emocionante vitória do Santos sobre o Santa Cruz por 3 a 2.

LEIA TAMBÉM: Como a ex-capitã da Seleção, Aline Pellegrino, planeja melhorar futebol feminino

O camisa 8 do Santos é daqueles jogadores que jogam muito fácil, como se futebol fosse simples. “Futebol é simples, mas é difícil jogar simples”, disse certa vez Johan Cruyff. Renato é do grupo de jogadores que tornam o futebol simples.

Em campo, Renato foi o jogador que mais fez passes no jogo, 79, sendo que 70 deles foram certos. A sua contribuição vai muito além dos lances mais bonitos, mas ele também mostra a sua classe em campo. No lance do vídeo abaixo, ele esbanja categoria em dois chapéus.

E olha que não foi só isso que vimos de bonito no jogo. Além de ter sido um jogaço, o gol da vitória foi um golaço de Vitor Bueno. Aliás, Vitor Bueno é um dos grandes destaques do Santos no Campeonato Brasileiro. Já são 10 gols no torneio, só um a menos que os líderes na artilharia, Gabriel Jesus, do Palmeiras, e Robinho, do Atlético Mineiro.

Vale também olhar o gol de Jean Mota, que fez uma linda jogada com Ricardo Oliveira. Isso no lado do Santos, porque ainda tem o lado do Santa Cruz, com Keno indo muito bem e marcando dois gols.

O Santos já é o quarto colocado no Campeonato Brasileiro, com 45 pontos, um a menos que o Atlético Mineiro. Depois de uma fase instável, o Santos voltou a ficar bem e embala três vitórias consecutivas. O time começa a sonhar alto. Ao está na disputa pela Libertadores.

Chamada Trivela FC 640X63

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo