Brasil

Santos na Copinha: veja as campanhas do time na competição de base

Tricampeão, Santos quer encerrar jejum de dez anos sem vencer o torneio em 2024

O Santos Futebol Clube é tradicionalmente conhecido por ser um celeiro de craques e que ao longo dos anos se caracterizou por revelar ao futebol mundial nomes como Pelé, Robinho, Diego, Neymar, Gabigol, Rodrygo entre outros grandes nomes do cenário. Tri-campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior, tendo conquistado o caneco em 1984, 2013 e 2014 e ficando com o vice em uma oportunidade em 1982, O Peixe quer encerrar este longo jejum sem conquistas da maior competição de base do país em 2024.

A caminhada do Santos na Copinha vai começar no dia quatro de janeiro, diante do Remo, em Diadema. No Grupo 26 da competição, o Alvinegro Praiano divide a sua chave ao lado do Água Santa e do Nova Venécia. Fique por dentro das principais campanhas do Peixe na Copa São Paulo de Futebol Júnior e relembre os craques que conquistaram o torneio defendendo a camisa de um dos clubes que mais revelou jogadores ao futebol brasileiro e internacional.

1982: o ano do quase para o Santos

Na edição de 1982 da Copa São Paulo de Futebol Júnior, 16 clubes foram divididos em quatro grupos com quatro equipes cada. O Peixe caiu no Grupo 4, juntamente ao Corinthians, ao Goiânia e ao Internacional. Após duas vitórias e um empate na primeira fase, o Alvinegro se classificou para as quartas de final da competição, quando enfrentou o São Paulo e venceu pelo placar de 1 x 0. Na semifinal mais um clássico, desta vez diante do Palmeiras.

Após empate no tempo normal pelo placar de 1 x 1, o Santos carimbou a sua vaga para a grande decisão, vencendo nos pênaltis pelo placar de 4 x 2. Muitos apontavam o Peixe como favorito ao título, que poderia ser o primeiro do clube no torneio, entretanto, o adversário na final daquele ano se mostrou forte e conseguiu desbancar os Meninos da Vila. A Ponte Preta de Campinas, até meados dos anos 2000 sempre foi uma pedra no sapato dos times grandes na base e em 1982 venceu o Peixe por 2 x 1, deixando o time da Baixada Santista com um gosto amargo pelo vice-campeonato da Copinha.

1984: título paulista profissional e da Copinha para a base

O ano de 1984 foi importante para o Santos. Campeão paulista diante do Corinthians, o Alvinegro Praiano tinha por objetivo se recuperar do baque de dois anos antes na Copinha. Em um formato um pouco diferente do que em 1982, 24 times foram separados em oito grupos com três clubes cada. Os campeões da cada chave avançaram para as quartas de final do torneio. No Grupo 5, com sede em São Bernardo do Campo, o Santos foi o campeão de sua chave após vencer o Matsubara do Paraná por 3 x 0 e o Cruzeiro por 2 x 1.

Nas quartas de final o adversário seria a Ponte Preta, algoz em 1982. Dessa vez o desfecho diferente, com o Santos se classificando após empate sem gols no tempo normal e vitória por 5 x 4 nos pênaltis. Na semifinal, o Alvinegro Praiano bateu o Nacional-SP pelo placar de 2 x 1, se classificando para enfrentar o Corinthians na grande decisão. Diante do Timão, o Peixe foi melhor, marcou com Gérson e Flávio e finalmente pôde conquistar o título de campeão da Copa São Paulo de Juniores.

Time base do Santos campeão da Copa São Paulo de Juniores: Nilton; Amauri, Pedro Paulo, Flávio e Mário; Mazinho, Enéias e Édson; Mauro, Gérson e Guinho (Rogério).

2013: liderados por Neílton, Santos fatura o 2º título da Copinha

Mais 19 anos se passaram até o Santos finalmente conseguir mais um título da Copa São Paulo de Juniores. Com uma geração talentosa, que contava com Léo Cittadini, Stéfano Yuri, Jubal, Giva e Neílton, considerado o novo Neymar na época, o Peixe começou sua caminhada rumo ao bi-campeonato da Copinha no Grupo V da competição, ao lado do Remo, São Mateus do Espírito Santo e Corinthians de Alagoas. O Alvinegro somou sete pontos em três jogos e passou para a 2ª fase.

Na primeira eliminatória, goleada diante do náutico por 5 x 1, nas oitavas de final, uma classificação suada diante do Grêmio Osasco. No tempo normal, empate por 1 x 1 e nos pênaltis, melhor para o Santos, que venceu por 4 x 3. Na sequência, o adversário dos Meninos da Vila foi o Audax. Mais uma vez, o Peixe empatou por 1 x 1 no tempo normal e precisou recorrer aos pênaltis para progredir na competição, nova vitória por 4 x 3 e classificação garantida para a semifinal.

Na fase seguinte, nova vitória apertada, dessa vez contra o rival Palmeiras. O Santos venceu pelo placar de 3 x 2, com três de Neílton e classificação garantida para enfrentar o surpreendente Goiás de Erik na final. O atacante Esmeraldino era o artilheiro da competição, mas nem o poder de decisão do jogador goiano foi o suficiente para vencer o Alvinegro Praiano, que venceu por 3 x 1 e faturou seu 2º título da Copa São Paulo.

Time base do Santos campeão da Copa São Paulo 2013: Gabriel; Alison, Emerson, Walace e Jubal; Lucas Otávio, Pedro Henrique e Léo Cittadini; Leandro, Giva e Neílton.

2014: ano do bi-campeonato santista sobre o Corinthians

Um ano depois do título da Copinha, o Santos chegou com a moral elevada para a conquista do bi-campeonato em 2014. Mantendo a base vencedora de 2013, os Meninos da Vila tiveram a chance de jogar em casa na fase de grupos, caindo no Grupo V daquela edição, ao lado do Criciúma, do Alecrim-RN e do Capital-DF. Com três vitórias em três jogos, marcando 13 gols e sofrendo somente um, o Peixe seguiu firme em sua caminhada pel bi-campeonato da Copa São Paulo.

Curiosamente, o Kashiwa Reysol, time do Japão, recebeu o convite de participar da Copinha naquele ano e enfrentou o Santos na segunda fase da competição. Os Meninos da Vila venceram facilmente pelo placar de 4 x 0 e seguiram adiante no torneio. Nas oitavas de final, o Peixe enfrentou o Grêmio Osasco, vencendo facilmente pelo placar de 4 x 1. Nas quartas, o adversário foi o Taboão da Serra e o Alvinegro não tomou conhecimento, vencendo por 3 x 0.

Na semifinal novo baile de bola, 3 x 0 diante do Atlético-MG e classificação garantida para enfrentar o Corinthians na grande decisão. Assim como em 1984, o Santos venceu o Timão pelo placar de 2 x 1 e faturou seu 3 e até então último título da Copinha.

Time base do Santos campeão da Copa São Paulo 2014: João Paulo; Daniel Guedes, Paulo Ricardo, Naílson e Zé Carlos; Lucas Otávio, Fernando Medeiros (Diego Santos) e Serginho (Japa); Jorge Eduardo, Stéfano Yuri e Diego Cardoso (Gustavo).

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Esse é Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia e da Trivela. Jornalista especializado em Marketing digital é também narrador do Portal Futebol Interior e da RP2Marketing.
Foto de Bruno Lima

Bruno Lima

Bruno Lima nasceu em Santos (SP) e se formou em Jornalismo na Universidade Católica de Santos (UniSantos) em 2010. Antes de escrever para Trivela, passou por A Tribuna.
Botão Voltar ao topo