Brasil

Traição é traição, mas saída de Dudu é boa para o Palmeiras em diversos aspectos

Camisa 7 pediu ida para o Cruzeiro, e a saída chocou em um primeiro momento. Mas pensando friamente, há vantagens também

A partir de primeiro minuto da postagem do Cruzeiro, anunciado a contratação de Dudu, começou a busca por informações dos bastidores para entender os “porquês” e os “comos” da surpreendente movimentação.

A última apuração da Trivela revelou que Dudu pediu para deixar o Palmeiras — informação que o diretor Alexandre Mattos, do Cruzeiro, confirmou à Rádio Itatiaia. A conversa definitiva de Dudu e seus representantes com o Palmeiras aconteceu na semana passada.

E, diante da vontade de Dudu e do fato de o Cruzeiro ter chegado na pedida do Palmeiras, de US$ 4 milhões, o negócio ficou acertado entre as partes, embora não tenha sido assinado, conforme a reportagem também apurou com fontes do Palmeiras.

O ponto é que, pelo que a reportagem ouviu das três pontas da negociação, só haveria uma reviravolta se Dudu faltasse com a palavra dada ao Cruzeiro e ao Palmeiras.

A saída de Dudu é boa para o Palmeiras

Mas ainda que isso aconteça, e a transferência seja desfeita, a menção à saída de Dudu fez suscitar alguns pontos para muitos palmeirenses. Dentre os quais, idolatria à parte: será que o Palmeiras perde muito se o seu quase ex-camisa 7 sair?

E a verdade é que, em muitos aspectos, a saída de Dudu traz uma série de benefícios para o Alviverde. E, no campo, por mais que o jogador tenha sido importante, algumas das principais conquistas do ciclo iniciado em 2015 não tiveram participação de Dudu.

Tais como a Copa Libertadores de 2020 (só joga na fase de grupos), a Copa do Brasil de 2020, metade do Campeonato Brasileiro de 2023 e o Campeonato Paulista de 2024.

1. Folha salarial

Dudu ganha cerca de R$ 2,3 milhões mensais, incluindo luvas e outras gratificações embutidas em tal valor. É, de longe, o maior salário do elenco e está no topo da pirâmide no Brasil.

Sem Dudu, o Palmeiras livra quase R$ 30 milhões de seu orçamento anual até o fim de 2026 — R$ 75 milhões, portanto, já que R$ 15 milhões de 2024 já foram pagos a ele. Dinheiro que pode ser usado para contratar novos jogadores e aumentar a oferta salarial para alguns deles, em caso de disputas com outros clubes.

2. Recuperação do investimento

A negociação é muito vantajosa financeiramente para o clube alviverde.

Dudu já foi vendido pelo Palmeiras uma vez, e também a seu pedido. Quando o jogador foi para o Al Duhail, do Qatar, em 2020, o Palmeiras recebeu 7 milhões de euros (R$ 40 milhões).

O valor era referente ao empréstimo por um ano e seria abatido do direito de compra integral do jogador. Para ficar com ele em definitivo, os catari teriam que depositar mais 6 milhões de euros (R$ 34,4 milhões) na conta do Palmeiras, em maio de 2021. Se não o fizessem – como não fizeram – o jogador voltaria ao Verdão.

O jogador Dudu, da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco/Palmeiras/by Canon)[/caption]

Para tirar Dudu do Palmeiras, o Cruzeiro topou pagar 4 milhões de dólares (R$ 21,4 milhões), dois anos depois de o Al Duhail desistir de comprá-lo. Ou seja: na soma das duas vendas, o Palmeiras levou R$ 55,4 milhões pelo atleta.

Ao contratar Dudu do Dínamo de Kiev, em 2015, o Palmeiras pagou 3 milhões de euros, repetindo o pagamento de montante igual no ano seguinte, totalizando R$ 34,4 milhões.

Ou seja, somadas as duas saídas, Dudu trouxe R$ 21 milhões de lucro ao Palmeiras.

3. Rendimento do jogador é uma incógnita

A lesão de Dudu — rompimento de ligamento cruzado anterior e lesões de menisco do joelho direito — não foi das mais simples. Embora seja atlético, tenha sofrido poucas lesões na carreira e se tratado no melhor departamento médico e de fisioterapia do Brasil, Dudu não é mais um garoto.

Ninguém sabe ao certo como Dudu voltará a jogar. Sempre dependente de arrancadas e dribles com trocas constantes de direção, Dudu talvez tenha de mudar um pouco seu estilo de jogo nessa nova etapa de sua carreira. Uma aposta cara, com que agora, muito possivelmente, é o Cruzeiro quem vai ter de lidar.

Dudu deixou jogo contra o Vasco com lesão que preocupa o Palmeiras (Foto: Icon Sport) Dudu deixou jogo contra o Vasco com lesão que preocupa o Palmeiras (Foto: Icon Sport)[/caption]

4. Renovação do elenco se amplia

O Palmeiras está, aos poucos, fazendo uma reformulação em seu elenco. Não há uma lista de dispensa, mas há uma nova inclinação no clube no sentido de analisar com mais frieza algumas hipóteses de transferências.

Dudu era um caso complicado no Palmeiras. Com um contrato caro e longo, o atleta poderia voltar rendendo menos que o esperado, o que traria dois problemas para a comissão técnica.

Existe a chance de Estêvão ficar no Palmeiras até 2027 como quer Abel?
Estêvão durante jogo do Palmeiras no Allianz Parque (Foto: Icon Sport)

O primeiro é a pressão que a torcida faria por sua escalação, sem saber como ele vinha rendendo nos treinamentos. Dudu no banco seria certeza de pedidos em uníssono da torcida para que ele entrasse em campo.

O segundo seria gerar alguma receita quando ele deixasse o time. Em 2026, quando seu contrato com o Palmeiras se encerra, Dudu terá 35 anos, dificultando uma transferência — sem falar em uma nova renovação, que talvez fosse desinteressante para o clube em tal altura.

Sem dúvida, a saída de Dudu é uma surpresa negativa, pois o planejamento não contava com ela — fora o fato de ele ser um ídolo da torcida. Mas, ao mesmo tempo, antecipa a solução de problemas e amplia a reformulação do elenco atualmente em curso.

Foto de Diego Iwata Lima

Diego Iwata LimaSetorista

Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, Diego cursou também psicologia, além de extensões em cinema, economia e marketing. Iniciou sua carreira na Gazeta Mercantil, em 2000, depois passou a comandar parte do departamento de comunicação da Warner Bros, no Brasil, em 2003. Passou por Diário de S. Paulo, Folha de S. Paulo, ESPN, UOL e agências de comunicação. Cobriu as Copas de 2010, 2014 e 2018, além do Super Bowl 50. Está na Trivela desde 2023.
Botão Voltar ao topo