Brasil

Revelado pelo clube, Ronaldo Fenômeno acerta compra do Cruzeiro

Mudança para Sociedade Anônima de Futebol (SAF) aconteceu nesta sexta-feira e o Fenômeno será acionista majoritário, segundo anunciado pelo clube

Ronaldo Fenômeno impressionou com a camisa do Cruzeiro quando tinha só 16 anos e foi vendido à Europa quando mal tinha completado 18 anos, em 1994. Ganhou o mundo com seu talento, conquistou títulos, reconhecimento e se consagrou com a camisa da seleção brasileira. Agora, 28 anos depois de deixar o clube, ele volta de uma forma inusitada: Ronaldo Nazário é o novo dono do Cruzeiro. O anúncio foi feito pelo próprio ex-jogador ao lado do atual presidente da Raposa, Sérgio Santos Rodrigues. É o primeiro clube a usar o modelo de SAF, aprovado pelo governo federal em agosto.

VEJA MAIS: Ronaldo: Fenômeno em campo, polêmicas, lenda da Seleção e atormentado por lesões

O Fenômeno será o acionista majoritário da SAF criada pelo clube. O Cruzeiro prometeu anunciar detalhes do negócio ainda neste sábado. A SAF, constituída há duas semanas e aprovada nesta sexta-feira, permite que o clube venda até 90% da empresa. A alteração do estatuto obriga que o clube mantenha 10% das ações, com garantia de uma cadeira no Conselho de Administração da SAF, além de garantir a preservação da marca, da cidade e da cor do clube. Todos itens fundamentais para que o Cruzeiro SAF não crie uma identidade completamente diferente do Cruzeiro Esporte Clube, fundado em 1921.

https://twitter.com/Ronaldo/status/1472236051011940361

Segundo comunicado da XP Investimentos, Ronaldo entra como acionista da Cruzeiro SAF através da Tara Sports e investirá cerca de R$ 400 milhões nos próximos anos, ou seja, não é que o ex-jogador comprou o clube por R$ 400 milhões. Ainda não se sabe qual será a porcentagem da Tara Sports no clube, mas se especula que seja na casa dos 90% — limite máximo segundo o novo estatuto do Cruzeiro.

“Feliz demais de ter concluído essa operação. Dizer que tenho muito a retribuir ao Cruzeiro, levar o Cruzeiro aonde ele merece estar. Temos muito trabalho pela frente. Peço ao torcedor que se conecte outra vez ao clube, ir ao estádio, porque vamos precisar de muita força e união. Temos muito trabalho e ambição para fazer o Cruzeio novamente. Não temos nada que comemorar ainda, mas temos muita ambição”, afirmou Ronaldo, que apareceu com uma camisa do Cruzeiro no vídeo.

 

O anúncio inicialmente foi feito por Pedro Mesquita, sócio da XP, empresa que estava fazendo a gestão do processo de mudança do clube para empresa. Mesquita anunciou o negócio no Twitter, como tem feito nos últimos dias. “Atenção mundo do futebol! Um grande filho à casa torna! Ronaldo Luís Nazário de Lima o ‘fenômeno’ acaba de assinar um acordo para compra do Cruzeiro”, escreveu o sócio da XP.

https://twitter.com/Cruzeiro/status/1472236313134997507

“O clube que revelou o Ronaldo para o mundo, agora o Ronaldo está abrindo as portas para o mundo de novo. Um trabalho muito bem feito e costurado há um tempo. Já conhecido como presidente, agora acionista majoritário do Cruzeiro SAF”, disse Sérgio Santos Rodrigues, presidente da raposa, durante a live do anúncio.

Não será a primeira investida em clubes que Ronaldo faz. Em 2018, ele se tornou o acionista majoritário no Real Valladolid, da Espanha, ao pagar € 30 milhões por 51% das ações. O clube atualmente está na segunda divisão da Espanha.

Restam saber os detalhes do contrato de Ronaldo com o Cruzeiro, como será feita a compra e como será composta a nova administração. O clube prometeu revelar mais detalhes do negócio ainda neste sábado.

Abaixo veja imagens de Ronaldo como jogador do Cruzeiro, em 1993 e 1994, antes de ser vendido ao PSV:

  • Ronaldo pelo Cruzeiro, no início de carreira (reprodução)
  • Ronaldo pelo Cruzeiro, no início de carreira (reprodução)
 
Foto de Felipe Lobo

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!). Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009, onde ficou até 2023.
Botão Voltar ao topo