Brasil

Quem irá disputar a Série D do Brasileirão?

Para alguns, um inferno. Para outros, uma oportunidade. Um pouco dos dois em um grande campeonato que reúne clubes dos mais diversos lugares do país. O Campeonato Brasileiro da Série D é a última divisão nacional do Brasil. Por isso, ela é composta por ao menos um time de cada um dos 27 estados brasileiros.

A Série D começa no dia 27 de maio, mas já temos a maior parte dos participantes definidos. Para ser preciso, 26 dos 40 times estão efetivamente classificados para a competição, sendo que muitos dos demais também estão próximos de serem definidos.

A definição de quem irá disputar a competição varia de estado para estado. E alguns usam sistemas curiosos para definir seus participantes. Mostramos um pouco de como funciona essa disputa por uma vaga na Série D.

Os primeiros quatro participantes definidos são os rebaixados da Série C do ano anterior. A partir daí, a classificação para o torneio se dá pela indicação da federação. A CBF faz um ranking das federações estaduais e as primeiras nove colocadas podem indicar dois times cada. As demais têm direito a indicar um time. Em geral, essas entidades usam o campeonato estadual para definir o(s) participante(s), mas nem sempre é assim.

Confira os times classificados e quem deve se classificar para o torneio:

Rebaixados da Série C
Campinense-PB, 17º colocado da Série C 2011
Marília-SP, 18º colocado da Série C 2011
Brasil de Pelotas-RS, 19º colocado na Série C 2011
Araguaína-TO, 20º colocado da Série C de 2011

São Paulo (1º no ranking, 2 vagas)
QMogi Mirim, 1º melhor classificado no Campeonato Paulista 2012
Mirassol, 2º melhor classificado no Campeonato Paulista 2012

Rio de Janeiro (2º no ranking, 2 vagas)
Friburguense, vice-campeão Copa Rio 2011
Resende, 1º melhor classificado Campeonato Carioca 2012

Rio Grande do Sul (3º no ranking, 2 vagas)Juventude-RS, campeão da Copa RS (Copa Dra. Laci Ughini 2011)
Veranópolis, 1º melhor classificado no Campeonato Gaúcho 2012

Minas Gerais (4º no ranking, 2  vagas)
Nacional, 1º melhor classificado no Campeonato Mineiro 2012
Guarani, 2º melhor classificado no Campeonato Mineiro 2012

Paraná (5º no ranking, 2 vagas)
Arapongas e Cianorte estão próximos da vaga, com 35 pontos cada. O único time que pode mudar isso é o Londrina, que tem 30 pontos e precisa torcer por duas derrotas de um dos dois times.O que ajuda os londrinenses é que o próprio Londrina enfrenta o Cianorte na penúltima rodada e Arapongas e Cianorte se enfrentam na última rodada. Assim, necessariamente perderão pontos. Resta saber se será suficiente.

Pernambuco (6º no ranking, 2 vagas)
Petrolina, 1º melhor classificado no Campeonato Pernambucano 2012
Ypiranga, 2º melhor classificado Campeonato Pernambucano 2012

Bahia (7º no ranking, 2 vagas)Vitória da Conquista-BA, campeão da Copa Estado da Bahia 2011
Feirense, 1º melhor colocado Campeonato Baiano 2012

Goiás (8º no ranking, 2 vagas)
CRAC, 1º melhor colocado Campeonato Goiano 2012
Itumbiara, 2º melhor colocado no Campeonato Goiano 2012

Santa Catarina (9º no ranking, 2 vagas)
Brusque-SC, campeão da Copa Santa Catarina 2011
Metropolitano, 1º melhor colocado no Campeonato Catarinense 2012

Ceará (10º no ranking, 1 vaga)
O Horizonte está perto de definir sua classificação para o torneio. Em terceiro na primeira fase do Campeonato Cearense e classificado para enfrentar o Fortaleza na semifinal, o time só não fica com a vaga se o Tiradentes, que foi quarto na primeira fase, fizer mais sete pontos (duas vitórias e um empate, o que implica em necessariamente ter que chegar à final, na melhor das hipóteses). O Tiradentes terá que vencer dois jogos e empatar mais um, entre os quatro que poderá disputar.

Pará (11º no ranking, 1 vaga)O Cametá já está na final do Campeonato Paraense e espera a definição do campeão do segundo turno, a ser decidido entre Remo e Águia de Marabá. Se o Águia, que já está na Série C, vencer o turno, o Cametá está automaticamente classificado para a Série D. Se o Remo passar, o campeão irá para a Série D.

Rio Grande do Norte (12º no ranking, 1 vaga)
Baraúnas, 1º melhor classificado do Campeonato Norte-rio-grandense.

Alagoas (13º no ranking, 1 vaga)
O Campeonato Alagoano está no segundo turno, depois do CRB vencer o primeiro e se garantir na final. O regulamento prevê que o campeão alagoano irá representar o estado na Série D, exceto se o time já estiver em uma divisão nacional. Neste caso, será usada a classificação geral, incluindo as fases finais, para definir o representante.

A uma rodada do fim do segundo turno, o ASA (que está na Série B) lidera a classificação geral, seguido pelo CSA e CRB (também na Série B), ambos com 35 pontos. O quarto é o Corinthians-AL, com 26, porém está apenas em sétimo no segundo turno, com nove pontos, mas ainda com remota chance de classificação. O quarto colocado é o Sport, que tem 11, seguido por CRB (10 pontos) e Murici (9). O CSA lidera e já está classificado, garantindo ao menos mais dois jogos. Se for campeão do segundo turno, estará garantido na decisão pela sua pontuação, já que o outro finalista seria o CRB.

O Corinthians precisa conseguir a classificação e ser campeão ou não ser campeão, mas conseguir tirar a diferença de pontos. E isso implica necessariamente em conseguir a classificação. Outra possibilidade do CSA perder a vaga é que um dos classificados do segundo turno, exceto o ASA e o CRB, consigam levar o título do estadual.

Distrito Federal (14º no ranking, 1 vaga)
O Campeonato Brasiliense está no segundo turno. O regulamento da competição fala eu a vaga será definida por critério técnico, mas não especifica qual será. O Luziania foi o campeão do primeiro turno e já tem vaga na final. Se o critério técnico for a classificação geral, o Luziânia também tem vantagem, com 22 pontos., seguido por Brasiliense (17) e Sobradinho (16).

O Sobradinho lidera o Grupo A no segundo turno com sete pontos, seguido pelo Legião e Luziânia com seis e Brasiliense com quatro no Grupo A. No Grupo B, Ceilândia lidera (6 pontos), com Capital em segundo (6), seguido por Ceilandense (6), Brazlândia (3), Gama (3) e Formosa (3). Restam duas rodadas para o fim do turno, que depois tem semifinais e final antes de decidir o título entre os dois vencedores dos turnos. Se o Luziânia levar também este turno, já será campeão brasiliense – e certamente estará com a vaga na Série D.

Espírito Santo (15º no ranking, 1 vaga)
O Campeão Capixaba terá o direito de disputar a Série D de 2012. O campeonato estadual está nas semifinais, com Vitória e Aracruz tendo empatado o jogo de ida em 1 a 1. Na outra semifinal, o Conilon venceu o Rio Branco por 2 a 1. Os jogos de volta serão disputados neste dia 21. As finais serão nos dias 28 de abril e 5 de maio.

Paraíba (16º no ranking, 1 vaga)
O Campeão Paraibano será o representante do estado na Série D, a não ser que seja o Campinense, que já está garantido por ter sido rebaixado da Série C. A duas rodadas do fim da primeira fase, o Campinense lidera com 30 pontos, mesma pontuação do Treze. Paraíba e Sousa vêm em seguida, com 28. Os quatro primeiros se classificam para as semifinais, disputadas em 2 e 5 de maio. As finais serão nos dias 9 e 13 de maio.

Maranhão (17º no ranking, 1 vaga)
Sampaio Corrêa, campeão maranhense 2011

Amazonas (18º no ranking, 1 vaga)
Penarol, campeão amazonense 2012

Mato Grosso do Sul (19º no ranking, 1 vaga)
CENE, campeão Sul-Matogrossense 2011

Sergipe (20º no ranking, 1 vaga)
O campeão sergipano será o dono da vaga do estado. O estadual está no segundo turno, depois do Itabaiana ter vencido o primeiro turno. Divididos em dois grupos de cinco clubes, dois classificam-se para as semifinais. Restam cinco jogos para definir quem serão os semifinalistas. As finais do estadual – que só não serão realizadas se o Itabaiana vencer o segundo turno e, assim, conquistar o título por antecipação – serão nos dias 16 e 20 de maio.

Piauí (21º no ranking, 1 vaga)
Comercial, campeão do Torneio Movimentação 2012. A competição reuniu nove clubes do estado, sendo três amadores. Isso por um imenso problema político entre a FFP (Federação Piauiense de Futebol) e a CBF, que não reconhecia a diretoria da federação estadual. Foi só em fevereiro que a situação mudou. O estado correu até mesmo o risco de não ter representante na Série D, caso um dos times amadores levantasse a taça.

Mato Grosso (22º no ranking, 1 vaga)
O Campeonato Mato-grossense está nas semifinais. O time que for campeão representará o estado na Série D. O Mixto enfrenta oi Cuiabá e o Vila Aurora já fez o primeiro jogo das semifinais contra o Luverdense, que terminou empatado por 3 a 3. Cuiabá e Luverdense já estão na Série C e, portanto, se um deles for o campeão, o vice irá representar o estado. Se ambos decidirem o título, o terceiro colocado será o escolhido.

Acre (23º no ranking, 1 vaga)
O Campeonato Acriano só se encerra em junho e como a Série D começa no fim de maio, a indicação do representante do estado acontece ao final da primeira fase. O primeiro colocado será o indicado para disputar a competição nacional. Caso seja o Rio Branco, que já está na Série C, será o segundo colocado.

Com oito rodadas disputadas, o Independência é o primeiro colocado com 18 pontos. O Atlético é o segundo, com 14, seguido por Rio Branco com 13 e Juventus com 12. Os quatro primeiros avançam à fase final do torneio. Faltam nove rodadas para o fim da primeira fase.

Tocantins (24º no ranking, 1 vaga)
Gurupi, campeão Tocantinense 2011.

Rondônia (25º no ranking, 1 vaga)
Segundo o regulamento do Campeonato Rondoniense, o representante do estado na Série D seria o campeão. Porém, como o torneio só irá ser decidido em junho, o clube que estiver em primeiro lugar na sétima rodada – que encerra o primeiro turno – irá representar o estado. A sétima rodada, que define o indicado, será no domingo, dia 22.

O Vilhena, com 13 pontos, é o líder após a quinta rodada O Espigão é o segundo, com dez, seguido pelo Moto, com nove e Genus, também com nove. Nesta quarta, dia 18, será disputada a sexta rodada.

Amapá (26º no ranking, 1 vaga)
Santos, vice-campeão Amapaense 2011, já que o campeão, Trem, desistiu de participar da disputa.

Roraima (27º no ranking, 1 vaga)
O campeão estadual deveria representar o estado na competição. Apesar do que diz o regulamento, nenhum clube roraimense deve estar na disputa. Isso porque os custos para viagem são muito altos. Dos seis clubes da primeira divisão, cinco já se manifestaram dizendo que não têm condições de jogar a competição.

O único que ainda não se manifestou foi o Rio Negro. Segundo o editor de esportes da Folha de Boa Vista, Ribamar Rocha, não deve haver representante do estado na Série D. O custo estimado de R$ 1 milhão para jogar a primeira fase é alto demais para os clubes. “Não dá para sair de Roraima de carro, só de avião. E as distâncias são longas. Deixa tudo muito caro”, diz Ribamar. O Rio Negro tem até esta quarta, dia 18, para apresentar um ofício dizendo que não participará da competição.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo