Brasil

Os grandes jogos entre Atlético Paranaense e Flamengo

Os principais confrontos da história entre Atlético Paranaense e Flamengo acontecerão a partir do dia 20 de novembro. Os rubro-negros farão a decisão da Copa do Brasil em 2013, se encarando primeiro na Vila Capanema antes de coroarem o campeão no Maracanã. Será a primeira final disputada entre paranaenses e cariocas, o que não diminui a história do duelo. São 48 encontros (que incluem inauguração de estádio, semifinal de Brasileirão, conquista de vaga na Libertadores e até salvação de rebaixamento), com 20 vitórias para cada lado.

O último jogo entre os dois times foi marcante para ambos os lados. O Flamengo abriu dois gols de vantagem no Maracanã com apenas oito minutos, mas permitiu a fantástica virada do Atlético por 4 a 2 – em resultado que culminou no pedido de demissão do técnico Mano Menezes e abriu caminho para a chegada de Jayme de Almeida. Para qual lado penderá a balança dessa vez? Relembramos seis jogos importantes dessa histórica, com três triunfos para cada lado. Confira:

Internacional 1×7 Flamengo, 6 de setembro de 1914

O Flamengo foi o convidado para inaugurar o Estádio da Baixada. Uma honraria gigantesca para um clube que ainda dava seus primeiros passos nos gramados (apesar da fundação em 1895, o futebol só passou a ser praticado em 1912) e que fazia sua primeira excursão para fora do Rio de Janeiro. A festa dos cariocas foi garantida com a goleada por 7 a 1 sobre o Internacional, clube que se fundiu ao América em 1924 para dar origem ao Atlético. O primeiro gol do estádio foi anotado por Arnaldo, do Fla.

Atlético Paranaense 2×0 Flamengo, 15 de maio de 1983

Até então, o maior encontro entre atleticanos e flamenguistas tinha acontecido há 30 anos, quando as duas equipes fizeram as semifinais do Campeonato Brasileiro. Com show de Zico, autor de dois gols, o Fla venceu a primeira perna por 3 a 0 e abriu boa vantagem para a ida à Curitiba. No Couto Pereira, Washington contou com a valiosa parceria com Assis e balançou as redes por duas vezes, mas os 2 a 0 no placar foram insuficientes ao Furacão. Os 65.491 pagantes daquela partida compõem até hoje o maior público em um jogo de futebol no Paraná. Daquele jogo, o Flamengo partiria ao seu terceiro título no Brasileirão, batendo o Santos na final.

Atlético Paranaense 3×2 Flamengo, 31 de julho de 1999

Se o Flamengo abriu a Baixada e marcou o retorno do Atlético ao estádio em 1994, também foi o convidado de honra para a inauguração da fase moderna da Arena. Porém, desta vez os cariocas acabaram levando o cartão de visitas do Furacão. Vitória por 3 a 2 do time de Vadão, com gols de Kléber Pereira, Lucas e Kleberson – então promessa recém-chegada ao clube. Nem mesmo Romário, que diminuiu para o Fla, conseguiu concretizar uma reação.

Flamengo 2×0 Atlético Paranaense, 25 de novembro de 2007

Uma das reações mais marcantes do Campeonato Brasileiro foi protagonizada pelo Flamengo, em 2007. O time iniciou a campanha ameaçado pelo rebaixamento e terminou na terceira colocação. A vaga na Libertadores do ano seguinte foi confirmada com a vitória por 2 a 0 sobre o Atlético, com gols de Renato Augusto e Juan. Motivo para que o ‘Tema da Vitória’ fosse entoado no Maracanã lotado e para que Joel Santana recebesse a gratidão da torcida.

Atlético Paranaense 5×3 Flamengo, 7 de dezembro de 2008

Um jogo de placar gordo, o suficiente para livrar o Atlético Paranaense do rebaixamento na última rodada do Brasileirão. O Furacão recebeu o Fla na Arena da Baixada precisando da vitória para se safar e cumpriu sua obrigação, abrindo três tentos de vantagem e mantendo a diferença na sequência. Nem os três gols de Marcelinho Paraíba evitaram o alívio dos atleticanos. Em compensação, os flamenguistas acabaram de fora da Libertadores.

Flamengo 2×1 Atlético Paranaense, 31 de maio de 2009

Flamengo's Adriano celebrates with teammates after scoring against Atletico Paranaense during a Brazilian championship soccer match at the Maracana stadium in Rio de Janeiro, Saturday, May 31, 2009. (AP Photo/ Ricardo Moraes)

O jogo pela quarta rodada do Brasileirão nem de longe faria a torcida do Flamengo pressentir a conquista da taça naquele ano. No entanto, a vitória no Maracanã empolgava os rubro-negros diante da volta de Adriano. O Imperador fazia sua reestreia pelo clube da Gávea, depois de deixar a Internazionale, e não decepcionou. Foi do ‘camisa 29’ o gol na vitória por 2 a 1, completando de cabeça o cruzamento de Léo Moura.

* Confira também o Top 10 feito pelo amigo Leonardo Mendes Júnior, na Gazeta do Povo

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo