Brasil

Nova camisa de Pedro Rocha chegará em 2013, mesmo sem a Reebok

O contrato do São Paulo com a Reebok termina no final do ano. O próximo forncedor de material esportivo do clue – muito provavelmente a Penalty – será convencida pela diretoria do clube a fazer uma nova leva de camisas homenagenado Pedro Rocha, ídolo dos anos 70. Será parecida com a atual, da Reebok, que une o vermelho, preto e branco do clue com o azul celeste do Uruguai, país de Rocha, Dario Pereyra, Forlán e Lugano, que foram homenageados nesse ano.

A manutenção da camisa de Rocha é uma forma de o clue ajudar seu grande meia dos anos 70, que está doente. Os jogadores recebem 10% do valor de venda da camisa, em torno de R$ 160. “Atualmente, a mais vendida é a de Lugano, pois os torcedores têm uma memória muito recente dele. Se mantivermos apenas a do Rocha, as vendas aumentarão muito”, diz Julio Casares, vice-presidente de marketing.

Depois que a situação de saúde de Pedro Rocha foi exposta através da seguinte matéria: http://trivela.com.br/blog/menon/filho-de-pedro-rocha-agradece-ao-sao-paulo-mas-pede-homenagem-em-vida

a solidariedade tomou conta de torcedores do São Paulo. Houve um aumento muito grande no número de camisas vendidas. No dia 15 de dezembro, a família do craque fará um acerto com a Reebok.

Torcedores uruguaios se movimentaram e fizeram um pedido, via Internet, à presidêncis do Peñarol para que se movimentasse e fizesse um jogo com o São Paulo. O clube uruguaio se mostrou disposto, mas o São Paulo acha difícil conseguir uma data para que a partida beneficente seja realizada.

A jornalista Ana Carla Portela, autora de um documentário sobre Telê Santana, está tentando realizar uma partida entre veteranos do São Paulo e do Peñarol para ajudar  o jogador.

Rocha faz 70 anos na segund-feira, dia 3 de dezembro. O marketing do São Paulo pensou em uma homenagem – ou uma faixa ou os jogadores entrando com camisas ostentando o nome de Rocha e o numero 70 nas costas, mas talvez não saia. A ideia, que surgiu, após a vitória sobre a Universidad do Chile dificilmente se concretizará.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo