Brasil

[Vídeo] 10 golaços que marcam o maior talento de Marcelinho Carioca: o seu pé de anjo

Marcelinho Carioca não era o tipo de jogador que inspirava muita admiração nos rivais. O meia gostava de provocar. Mais do que isso, gostava de fazer os adversários sofrerem nos clássicos. E, por mais que a figura do camisa 7 não fosse tão querida, fica difícil de não admitir: o Pé de Anjo jogou muita bola em diversos momentos da carreira. Especialmente no Corinthians, onde se consagrou como o grande ídolo de uma geração, tornou-se um dos atletas mais decisivos do futebol brasileiro. Batia na bola como pouquíssimos, além de bagunçar as defesas adversárias com sua velocidade. Talento transformado em diversos títulos importantes.

Mesmo no ápice, Marcelinho disputou poucas partidas pela Seleção. Tinha concorrência duríssima na briga por uma vaga no meio de campo. Ainda assim, atualmente, anda difícil encontrar jogadores no país com a qualidade técnica do ex-meio-campista. Com a precisão de seus pés ou a visão de jogo privilegiada. Goste ou não, o craque marcou o futebol brasileiro na década de 1990. Permanecerá relembrado por muito tempo, seja com amor ou com ódio.

Errata: Diferentes fontes apontam a data de nascimento de Marcelinho Carioca como 1º de fevereiro de 1971. Entretanto, a assessoria de imprensa do Corinthians gentilmente veio nos falar sobre a confusão que se faz e que, em 2015, confirmou com o próprio meia que a data correta é 31 de dezembro de 1971. Pedimos desculpas pelo erro.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo