Brasil

No aniversário de Jairzinho, sete minutos com o mais puro talento do Furacão

Jairzinho figura entre os maiores ídolos da história do Botafogo, imparável em seu auge com a camisa alvinegra. Além disso, também fez parte de um time histórico do Cruzeiro, campeão da Libertadores em 1976. Ainda assim, muitas vezes, a impressão é a de que o camisa 7 possui uma reputação maior no exterior do que no Brasil. A reverência ao ponta de três Copas do Mundo, obviamente, se dá por tudo aquilo que o Furacão jogou no Mundial de 1970. Anotar um gol em cada partida da campanha do tri, por si, já é um feito extraordinário. E o desempenho avassalador vai além, pelas arrancadas, pelos passes decisivos, pelos dribles. O ápice de um craque que, mesmo ao lado de tantas feras, conseguiu se destacar. No dia em que o veterano completa 74 anos, vale relembrar um pouco deste talento que segue impressionando tanta gente:

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo