Brasil

Neymar aparece bem, e Brasil volta a vencer

Após dois jogos, a Seleção Brasileira voltou a vencer um amistoso. Neste domingo, em Londres, na Inglaterra, a equipe comandada por Mano Menezes superou a Escócia, fazendo 2 a 0. E teve um destaque soberano na partida: o atacante Neymar, que marcou os dois gols da partida.

Após algum tempo de cautela por parte das equipes, o Brasil começou a partir para o ataque. A primeira chance veio aos 18 minutos. Jadson recebeu a bola pela esquerda, chegou à grande área e chutou baixo, mas o goleiro Allan McGregor teve dificuldades em defender, rebatendo para o meio da área. Dois minutos depois, nova boa chance: Elano cobrou escanteio da direita, e Leandro Damião subiu alto, cabeceando perto do gol.

Aos 26, a defesa escocesa quase se atrapalhou. Jadson deixou a bola com Lucas, que cruzou baixo para a área. McGregor defendeu, e Gary Caldwell tirou, com a bola batendo acidentalmente em sua mão. Leandro Damião ainda tentou completar, sem ângulo, mas mandou na rede pelo lado de fora.

Os escoceses, por sua vez, somente criaram uma jogada aos 35 minutos.- Charlie Adam cobrou falta da esquerda, mandando a bola para a área, e Steven Whittaker desviou, de cabeça. A bola saiu à esquerda de Júlio César, perto da linha de fundo.

Até que, aos 42 minutos, começou a aparecer o protagonista do jogo, que fez 1 a 0. André Santos trouxe a bola pela esquerda, até a linha de fundo, e cruzou rasteiro para a área. Lá, Neymar dominou e chutou, cruzado e colocado, no canto esquerdo de McGregor, abrindo o placar e marcando o primeiro gol da Seleção Brasileira, após 249 minutos de jejum.

Animado pela vantagem, o Brasil iniciou a etapa final atacando. Com apenas alguns segundos, Neymar dominou, pouco depois do meio-campo, e arriscou chute de média distância. A bola passou por cima do gol, chegando a tocar no travessão.

Aos dois minutos, mais uma ótima chance, originada de um erro da Escócia. James McArthur tentou sair jogando, mas foi desarmado por Ramires. O meio-campista, então, chegou à área e passou a Leandro Damião, que estava no meio, mas McGregor saiu bem do gol, antecipou-se e defendeu.

Mesmo com Mano Menezes começando a fazer algumas alterações, o Brasil manteve o ritmo. Aos sete minutos, Daniel Alves recebeu de Jadson, pela direita, chegou à área e cruzou rasteiro para o meio. Ramires pegou a bola livre, mas chutou por cima, desperdiçando a chance. Mas a melhor chance veio aos 15: da direita, Elano cobrou escanteio, e Leandro Damião apareceu, cabeceando à esquerda de McGregor, perto do gol.

Finalmente, aos 31 minutos, o destaque brasileiro no jogo definiu a vitória. Lucas lançou a Neymar na área, e o atacante foi derrubado, após tentar jogada individual. O árbitro Howard Webb marcou o pênalti, que o camisa 11 brasileiro bateu, fazendo 2 a 0 e levando o Brasil de volta às vitórias.

Brasil 2×0 Escócia

Local: Emirates Stadium, em Londres
Data: 27/03, domingo
Árbitro: Howard Webb (ING)
Gols: Neymar aos 42'/1T e aos 32'/2T (Brasil)

Brasil
Júlio César, Daniel Alves, Lúcio, Thiago Silva e André Santos; Lucas Leiva (Sandro, aos 41'/2T), Ramires, Elano (Elias aos 36'/2T) e Jadson (Lucas aos 26'/2T); Neymar (Renato Augusto aos 44'/2T) e Leandro Damião (Jonas aos 33'/2T). Técnico: Mano Menezes

Escócia
Allan McGregor, Alan Hutton, Christophe Berra (Danny Wilson aos 27'/2T), Gary Caldwell e Steven Whittaker (Kris Commons aos 19'/2T); Stephen Crainey, James McArthur (Barry Bannan aos 11'/2T), Scott Brown e Charlie Adam (Robert Snodgrass aos 32'/2T); James Morrison (Don Cowie aos 45'/2T) e Kenny Miller (Mackal Smith aos 41'/2T). Técnico: Craig Levein

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo