Brasil

Mauricio é grande reforço, mas titularidade no Palmeiras só virá com troca improvável

Para Maurício chegar e já entrar na equipe, Abel teria de alterar time que engrenou

A tendência é que o meia-atacante Maurício, 23, seja anunciado como jogador do Palmeiras ainda nesta semana. O clube alviverde vai desembolsar 10,5 milhões de euros (R$ 60,8 milhões) para trazê-lo em definitivo.

Revelado no Cruzeiro e no Desportivo Brasil, Maurício chegou ao Internacional em 2020. Rápido e com boa visão de jogo, viveu seu auge no clube em 2023. Na atual temporada, integrou a seleção brasileira que fracassou no Pré-Olímpico, ao lado de Endrick.

O atacante do Real Madrid inclusive cometeu uma gafe durante a disputa do torneio qualificatório. Em seus stories do Instagram, Endrick postou uma foto de Maurício na qual escreveu: “E aí? Vem ou não vem? A (camisa) 20 tá te esperando”. Pouco tempo depois, Endrick apagou a postagem.

Na direita

“Meia canhoto que atua preferencialmente partindo do lado direito, Maurício tem no passe, aproximação e finalização suas principais características”, explicou à reportagem Nícolas Wagner, que cobre o Internacional na Trivela.

Maurício foi testado pela esquerda, como um ponta de linha de fundo. Também jogou como armador central. Mas é pela direita do ataque que ele conseguiu ser mais efetivo e chegar à seleção.

Ou seja, Maurício gosta de jogar preferencialmente ocupando o setor que hoje tem Estêvão como dono inquestionável.

As características similares às do melhor jogador do time devem fazer com que o reforço tenha dificuldade para conseguir um lugar. A não ser que Abel decida mexer numa equipe que dá ares de ter engrenado.

Considerando que apenas em junho o Palmeiras está enfim jogando um bom futebol para além dos resultados, não é fácil imaginar Abel alterando a estrutura do 4-3-3 ou 4-2-3-1 que vem dando certo na equipe, com dois pontas abertos (Estêvão e Lázaro/Gabriel Menino), um homem de armação no meio (Veiga) e um centroavante (Rony ou Flaco López).

Mais difícil ainda é imaginar Estêvão perdendo sua condição de titular.

Rotação

É evidente que o calendário longo e as inevitáveis convocações de Estêvão para seleções farão com que todos os atletas ganhem minutos.

Mas, por mais que os técnicos insistam em dizer que seus times não têm titulares, os onze que iniciam os jogos mais importantes têm status diferentes daqueles que iniciam no banco.

Outro ponto a se levar em conta, porém, é o futuro.  Como Estêvão vai deixar o Palmeiras após o Mundial de Clubes do ano que vem, Maurício é o substituto do atleta do Chelsea que chega ao time com um ano de antecedência.

Ano apagado

Ao menos de início, também joga contra o atacante sua temporada irregular. Até por estar jogando menos, devido às negociações com o Palmeiras, Maurício terá de recuperar a boa forma.

“Depois de uma reta final de passagem pelo Internacional abaixo do esperado, a mudança de ares pode fazer com que o jogador de 22 anos retome o desempenho que o consolidou como um dos jovens mais promissores do futebol brasileiro”, completou Nicolas.

Foto de Diego Iwata Lima

Diego Iwata Lima

Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, Diego cursou também psicologia, além de extensões em cinema, economia e marketing. Iniciou sua carreira na Gazeta Mercantil, em 2000, depois passou a comandar parte do departamento de comunicação da Warner Bros, no Brasil, em 2003. Passou por Diário de S. Paulo, Folha de S. Paulo, ESPN, UOL e agências de comunicação. Cobriu as Copas de 2010, 2014 e 2018, além do Super Bowl 50. Está na Trivela desde 2023.
Botão Voltar ao topo