Brasil

Avião de Leila Pereira vai transportar 2,5 toneladas de doações para o RS

Presidente do Palmeiras vai ceder avião de sua frota que normalmente transporta a delegação de futebol masculino

A presidente do Palmeiras Leila Pereira ofereceu um de seus aviões para transportar 2,5 toneladas de mantimentos e doações às vítimas das enchentes no Estado do Rio Grande do Sul. A aeronave que fará a entrega é a mesma utilizada pelos jogadores. E que, no momento, está em Montevidéu.

A decolagem da aeronave está programada para o próximo sábado (11), partindo do Aeroporto de Congonhas, com destino a Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre.

De acordo com informações fornecidas pelo estafe da dirigente, Leila estava no aeroporto para uma viagem ao Uruguai, onde o Palmeiras enfrenta o Liverpool-URU pela fase de grupos da Copa Libertadores, nesta quinta-feira (9).

No local, ela soube que uma carga de donativos estava parada no local, sem meios de ser transportada ao Rio Grande do Sul. Diante disso, a presidente ofereceu seu avião particular para levar os suprimentos aos desabrigados e demais atingidos pelas enchentes. Como o time retorna ao Brasil na sexta-feira (10), o avião estará disponível para a operação.

Além desse gesto da dirigente, o Palmeiras anunciou que destinará toda a renda líquida do jogo contra o Athletico-PR, válido pelo Campeonato Brasileiro e marcado para o próximo domingo (12) às 16h, para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. O clube acredita que arrecadará cerca de R$ 1,4 milhão.

Adicionalmente, o clube Alviverde também vai incluir um QR Code nas camisas dos jogadores, visando arrecadar doações para os afetados pelas enchentes. Essa iniciativa será promovida durante os jogos contra o Athletico-PR e o Liverpool.

Clube ofereceu instalações

Na tarde desta terça-feira (7), FlamengoPalmeiras e São Paulo se reuniram e decidiram disponibilizar as suas instalações para os clubes gaúchos poderem treinar e se hospedar enquanto a situação das enchentes no Rio Grande do Sul não é normalizada.

O Rubro-Negro disponibilizou o CT George Helal (Ninho do Urubu), enquanto o Palmeiras ofereceu a Academia de Futebol, o Allianz Parque e a Arena Barueri. O Tricolor paulista, por sua vez, deixou o CT de Cotia e o MorumBIS a cargo das equipes.

Os presidentes de Inter e Grêmio agradeceram o gesto, mas rechaçaram a oferta.

Confira a nota na íntegra

Na condição de representantes de Flamengo, Palmeiras e São Paulo, os presidentes Rodolfo Landim, Leila Pereira e Julio Casares se reuniram na manhã desta terça-feira (07) para discutir novas ações de apoio aos clubes gaúchos neste momento difícil na história do Rio Grande do Sul.

As três agremiações se solidarizam e lamentam profundamente a tragédia provocada pelas fortes chuvas no estado. Além das ações já realizadas e de outras que serão promovidas, os três clubes decidiram colocar suas infraestruturas à disposição de Grêmio, Internacional e Juventude. Desse modo, estas equipes, fortemente impactadas pelas consequências do desastre natural, poderão utilizar as nossas instalações para alojamento, treinamentos e jogos, se assim desejarem.

O Flamengo disponibiliza o CT George Helal (Ninho do Urubu); o Palmeiras oferece a Academia de Futebol, o Allianz Parque e a Arena Barueri; o São Paulo propõe acolhimento no CT de Cotia e no MorumBIS.

Da mesma maneira, os três clubes creem fortemente que a CBF, em seu papel de entidade máxima do futebol nacional, possa disponibilizar a Granja Comary como mais um local de abrigo aos clubes gaúchos, entre outras formas de apoio.

Temos certeza que o futebol brasileiro se unirá cada vez mais pelo povo do Rio Grande do Sul.

Foto de Diego Iwata Lima

Diego Iwata Lima

Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, Diego cursou também psicologia, além de extensões em cinema, economia e marketing. Iniciou sua carreira na Gazeta Mercantil, em 2000, depois passou a comandar parte do departamento de comunicação da Warner Bros, no Brasil, em 2003. Passou por Diário de S. Paulo, Folha de S. Paulo, ESPN, UOL e agências de comunicação. Cobriu as Copas de 2010, 2014 e 2018, além do Super Bowl 50. Está na Trivela desde 2023.
Botão Voltar ao topo