Brasil

Iarley estreia como treinador do Santa Cruz em reencontro com o Internacional

Anunciado na última segunda-feira (5) como treinador do Santa Cruz, Pedro Iarley fará sua estreia contra o Internacional, por quem foi campeão mundial de clubes como jogador

Os últimos dias trouxeram um ingrediente a mais para o confronto entre Santa Cruz e Internacional, nesta quarta-feira (7), às 21h30min, no Estádio dos Plátanos, em Santa Cruz do Sul, pela sexta rodada do Campeonato Gaúcho. Ídolo colorado, Pedro Iarley fará sua estreia como técnico do Galo Carijó.

Iarley foi anunciado na segunda-feira (5) pelo Santa Cruz, após o desligamento de Paulo Henrique Marques. Com apenas dois pontos em cinco jogos, a equipe do Vale do Rio Pardo está na lanterna do Gauchão, e precisa pontuar desesperadamente para se safar do rebaixamento de volta para a Série A-2 estadual, a qual conquistou na última temporada.

Essa será a terceira experiência da ainda curta carreira de Iarley como técnico. Em 2022, o ex-atacante comandou o Garibaldi em apenas dois jogos da terceira divisão gaúcha. Desde o ano passado, ele estava treinando o time sub-20 da Chapecoense, que em janeiro deste ano foi eliminado, nos pênaltis, para o Tiradentes-PI, na segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Jr.

Ex-companheiro de Internacional, Bolívar indicou a contratação de Iarley

Em meio ao processo de desligamento de Iarley na Chapecoense, apareceu a proposta do Santa Cruz. De acordo com o presidente do Galo Carijó, Miguel Schuck, o nome do ídolo colorado já havia sido cogitado no ano passado. A aposta é que o novo comandante possa remobilizar o experiente grupo de atletas, que conta com jogadores veteranos como Marcelo Pitol, Thiago Salles, Amaral e Hugo Almeida.

— Temos a convicção de que ele poderá nos ajudar a mudar o cenário. Trazer um ânimo novo. O torcedor pode ter certeza de que não estamos satisfeitos. Conversei com os atletas e eles sabem do compromisso que é deixar o clube na elite, o que representa para a cidade — contou Schuck em entrevista para a Rádio Gazeta, de Santa Cruz do Sul.

Outra versão dá conta de que a primeira opção procurada pela direção do Santa Cruz foi outro ídolo do Inter: o ex-zagueiro Bolívar. Sem interesse na proposta, no entanto, ele indicou o antigo companheiro.

— A direção do Santa Cruz me ligou, convidando para assumir o cargo. Mas expliquei que não estou mais trabalhando com futebol profissional. Então me pediram alguma indicação e falei do Iarley, que estava no sub-20 da Chapecoense. É um desafio grande, que ele poderia assumir — revelou o próprio Bolívar em entrevista à Rádio Atlântida.

Iarley foi decisivo na conquista do Mundial de Clubes do Internacional

Os dois ex-jogadores fizeram parte da principal conquista da história do Inter: o Mundial de Clubes de 2006. Na final contra o Barcelona, Iarley teve papel fundamental ao dar a assistência para o gol de Adriano Gabirú, e ao ganhar tempo segurando a bola próximo à bandeirinha de escanteio na reta final do jogo. Pelo Colorado, o ex-atacante ainda conquistou a Libertadores, também em 2006, a Recopa Sul-Americana, em 2007, e a Copa Dubai e o Campeonato Gaúcho em 2008.

Iarley na final do Mundial de Clubes contra o Barcelona. Foto: Ricardo Duarte/SC Internacional

Depois de encerrar a carreira de jogador, em que também virou ídolo de clubes como Boca Juniors, Goiás e Paysandu, Iarley retornou ao Inter para trabalhar com categorias de base em 2016. Ele foi desligado em 2021, em uma série de demissões motivadas pela crise financeira oriunda da pandemia da Covid-19.

Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho. Formado em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Antes de escrever pela Trivela, esteve na Rádio Grenal e na RDC TV. Também é coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo