BrasilCampeonato Brasileiro

Grande iniciativa: Inter lança programa de ingressos baratos a estudantes da rede pública

O preço dos ingressos é tema de extenso debate no futebol brasileiro, especialmente nas novas “arenas”. E, diante de uma política geral de aumentar os valores, o Internacional anunciou nesta segunda-feira uma medida interessante para incentivar a presença de estudantes nas arquibancadas do Beira-Rio. A partir de agora, alunos da rede pública que mantiverem frequência alta na escola poderão comprar ingressos para as arquibancadas por R$ 10 – e em todas as partidas dos colorados, não apenas no estadual.

A cada partida do Inter, de mil a cinco mil ingressos serão disponibilizados para os estudantes da rede pública, por meio do projeto Estudante Colorado. Os alunos precisam se cadastrar no programa, sob o custo de R$ 20. Ganham uma carteirinha e passam ser reconhecidos por um sistema biométrico, conectado com os índices de frequência escolar, visando evitar a evasão daqueles que participarem da iniciativa. O projeto estará em vigor já nesta quinta, durante o duelo com o Brasil de Pelotas.

“O projeto Estudante Colorado visa atrair ainda mais jovens torcedores, além de incentivar a frequência escolar, e já estará disponível na próxima partida”, afirma André Flores, diretor de administração do Inter. “Neste primeiro momento, fazem parte do projeto as escolas Estaduais e Municipais de Porto Alegre e Cerro Branco. Muitas cidades já entraram em contato e demonstraram interesse em participar e devem ingressar no programa já nos próximos dias”.

A dimensão da iniciativa pode ser limitada e até se compensar com o aumento no valor dos ingressos de outros setores. Ainda assim, tem grande significado para abrir espaço a um grupo de torcedores que merece mais atenção – os jovens sem tantas condições para bancar o valor das entradas. O programa não só abre as portas do Beira-Rio, como também ajuda a fidelizar um grupo que seguirá apoiando o Inter por décadas. Uma bela ideia dos colorados.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo