Brasil

Conquista da Taça Guanabara vai muito além da simbologia para o Flamengo de Tite

Flamengo pode reconquistar um título depois de um ano sem volta olímpica, para reafirmar a confiança do elenco e de Tite

O Flamengo enfrentará o Madureira neste sábado (2), em jogo válido pela última rodada da fase inicial do Campeonato Carioca. Além da invencibilidade na temporada, a partida vale, também, o título da Taça Guanabara, que já foi encaminhado pelo Rubro-Negro com a vitória sobre o Fluminense, no último fim de semana. Apesar de ter se tornado um caneco muito mais simbólico, a equipe de Tite ficará com aquilo que puder receber.

O início de temporada com um título é de suma importância para Adenor Bachi e seus comandados, que ainda buscam sua melhor forma e confiança. No ano passado, marcado por fracassos, o Flamengo sequer conseguiu o feito de um título simbólico, ou seja, o caneco em 2024 precisa ser valorizado. É uma amostra de um início com o pé direito.

Só um desastre tira o título do Flamengo

A vitória no Fla-Flu, como mencionado, deixou o Flamengo com as duas mãos na Taça Guanabara. A vantagem para o segundo colocado, justamente o Tricolor das Laranjeiras, é de três pontos, mas fica ainda maior quando se considera o saldo das duas equipes, em que o Rubro-Negro tem 11 gols a mais (19 a 8). Dessa forma, só uma goleada sofrida para o Madureira, com novo placar elástico por parte do Fluminense, tira o título.

  1. Flamengo – 24 pontos (7 vitórias e +19 de saldo) – Classificado para a semifinal
  2. Fluminense – 21 pontos (6 vitórias e +10 de saldo) – Classificado para a semifinal
  3. Nova Iguaçu – 21 pontos (6 vitórias e +4 de saldo) – Classificado para a semifinal
  4. Vasco da Gama – 19 pontos (5 vitórias e +6 de saldo)
  5. Botafogo – 17 pontos (5 vitórias e +6 de saldo)

Como chega o Flamengo para enfrentar o Madureira

Tite teve a semana livre para trabalhar e, por isso, imagina-se que o Flamengo vá chegar na ponta dos cascos. O treinador ainda promete algumas mudanças na equipe titular, pensando já na semifinal do Campeonato Carioca. Adenor, inclusive, tem tudo para promover a estreia de Matias Viña, reforço do Rubro-Negro para 2024, entre os titulares.

Apesar disso, o comandante ainda conta com alguns desfalques. Gerson e Allan seguem de fora por conta de problemas de saúde, enquanto Gabigol e Wesley, que eram cotados para iniciar a partida, foram vetados pelo departamento médico. Segundo boletim do Flamengo, a dupla teve pequenas lesões musculares constatadas em exames de rotina.

Início de 2024 com o pé direito

Invicto, com a melhor defesa e segundo melhor aproveitamento do país até o momento, o Flamengo teve um início de temporada muito interessante. Esteve nos Estados Unidos para disputar a FC Series e fazer alguns testes e, desde então, está voando na disputa do Campeonato Carioca. A conquista da Taça Guanabara é apenas uma cereja do bolo, mas muito bem-vinda.

Em 2023, o Flamengo acabou perdendo a Taça Guanabara para o Fluminense, na última rodada, com gol depois dos 40 minutos da etapa complementar. O revés, sem dúvida, daria o tom daquilo que seria uma temporada repleta de fracassos e vexames do Rubro-Negro. Por isso é tão importante que Tite e companhia se recoloquem como dominantes no cenário estadual.

Chegou a hora de um novo Flamengo, Tite e atletas sabem disso (Foto: Marcelo Cortes/CRF)

Os números também podem animar elenco e, em especial, a torcida, já que 34 dos 59 campeões da Taça Guanabara terminaram com o título do Campeonato Carioca. Uma conquista, mesmo que simbólico, pode ser a última dose de confiança que o Rubro-Negro precisa para deixar o 2023 para trás, de uma vez por todas. A bola rola para Flamengo e Madureira a partir das 16h (de Brasília), no Maracanã.

Foto de Guilherme Xavier

Guilherme Xavier

É repórter na cobertura do Flamengo há três anos, com passagens por Lance! e Coluna do Fla. Fã de Charlie Brown Jr e enxadrista. Viver pra ser melhor também é um jeito de levar a vida!
Botão Voltar ao topo