Brasil

Jantar com Tite anima o Flamengo, e ‘gelo no sangue’ é pauta após procura do Corinthians

Landim, Braz e Spindel, nomes fortes do Flamengo, tiveram encontro com Tite para tentar convencê-lo de assumir o clube ainda em outubro

Gelo no sangue ou mais sorte do que juízo? Esse é o momento do Flamengo diante da negociação com Adenor Leonardo Bacchi, o Tite. Tudo parecia estar encaminhado entre clube e treinador, até que o Corinthians, equipe paulista onde o comandante é consagrado, entrar na jogada. Ainda que o interesse do Timão esteja claro, o Rubro-Negro mantém a confiança no acerto.

A Trivela apurou que o Flamengo aposta no projeto esportivo para seduzir Tite, além de ter iniciado as conversas antes e, por tabela, elas estarem mais avançadas. O momento do clube demanda cautela, claro, devido ao bastidor conturbado, mas a expectativa é por um final feliz. Rodolfo Landim, Marcos Braz e Bruno Spindel, inclusive, jantaram com o treinador na noite desta quarta-feira (27).

Jantar em pauta leve

Por se tratar de um “plano único”, a fome do Flamengo com Tite não se traduz apenas nos pratos que dirigentes e treinador consumiram na Barra da Tijuca. Se no primeiro contato não tivesse ficado clara a vontade da diretoria rubro-negra de ter Adenor Bacchi ainda em outubro, o encontro desta quarta deixou tudo cristalino. Landim, que era relutante com relação ao estilo defensivo do comandante, já se tornou entusiasta da contratação.

Resta aos nomes fortes da diretoria do Flamengo tentar fazer com que Tite assuma o comando já em outubro. A estreia, inclusive, pode ser diante do Corinthians, principal concorrente do Rubro-Negro na busca pela contratação. A cautela, marca registrada do clube carioca para lidar com negociações consideradas complicadas, é a frase de momento e foi, inclusive, citada múltiplas vezes por uma pessoa que vive o dia a dia do clube, em contato com a Trivela.

Gelo no sangue?

A célebre frase do vice-presidente de futebol, Marcos Braz, já se tornou um símbolo desses anos de “Gestão Landim”. O dirigente a utilizou em diversas oportunidades, para trazer atletas de alto calibre e, agora, o modelo está sendo utilizado novamente pela diretoria. A reportagem, inclusive, confirmou a informação do ge de que nomes fortes da diretoria não se incomodaram com as procuras do Corinthians.

Braz, Landim e o gelo no sangue: uma história do Rubro-Negro (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

O clube paulista já procurou Tite em outras três oportunidades, somente nesta temporada, e não deixaria que um dos treinadores mais vitoriosos da história do clube fechasse com o Flamengo sem ao menos tentar. Por ter iniciado as negociações antes, e ter um projeto esportivo por trás, o Rubro-Negro mantém a confiança de que possa fechar a contratação.

Contratação de Tite só será oficial após demissão de Sampaoli

Tite sempre deixou claro que o Flamengo só poderá contar com ele quando o cargo de treinador estiver vago, ou seja, a demissão de Sampaoli precisaria acontecer antes do anúncio do acordo. É possível que novidades apareçam já nesta quinta-feira (28), já que a quarta criou grandes expectativas, mas nenhum fato concreto (até o momento da publicação da matéria).

Ciente de que não permanecerá, Sampaoli espera um contato da diretoria do Flamengo para oficializar a saída do clube. O argentino comandou os dois primeiros treinos da preparação para o jogo contra o Bahia, que será no sábado (30), no Maracanã, mas não deve estar na beira do gramado. A maior possibilidade é de que Mário Jorge, treinador do sub-20, comande o time no Campeonato Brasileiro.

Foto de Guilherme Xavier

Guilherme Xavier

É repórter na cobertura do Flamengo há três anos, com passagens por Lance! e Coluna do Fla. Fã de Charlie Brown Jr e enxadrista. Viver pra ser melhor também é um jeito de levar a vida!
Botão Voltar ao topo