Brasil

‘Maneja o tempo e as pausas do time’: Emiliano Diaz explica importância de Payet para o Vasco

Payet comandou o time do Vasco, com um gol e duas assistências, na goleada sobre a Portuguesa, neste domingo, pelo Campeonato Carioca

A ótima atuação de Dimitri Payet pelo Vasco, neste domingo, na goleada sobre a Portuguesa, pelo Campeonato Carioca, rendeu muitos elogios, é claro. Mas a explicação do auxiliar técnico Emiliano Diaz ajuda a entender a importância do meio-campista francês ao time vascaíno, que venceu por 4 a 0, em São Januário, com o camisa 10 participando de todos os gols.

Depois de abrir o placar logo aos 2′ minutos de jogo, Payet participou da jogada que terminou no gol de Adson e, depois, no segundo tempo, ainda deu as assistências para Vegetti e David marcaram – como dois ótimos passes. Com a partida deste domingo, o francês chegou a dois gols e quatro assistências em oito partidas na temporada.

— Dimi (Payet) é um jogador fundamental. Ele que maneja o tempo e as pausas do time. Hoje, fez uma grande partida. Parabéns para ele e o grupo — afirmou o auxiliar técnico Emiliano Diaz, em entrevista coletiva, depois da goleada sobre a Portuguesa, em São Januário.

Uma das maiores contratações da história do Vasco, Payet teve um segundo semestre de 2023 um tanto quanto irregular. O francês demorou para pegar o ritmo de jogo e entrar em forma. Ainda assim, ele foi importante para o clube na luta contra o rebaixamento no último Campeonato Brasileiro.

Na atual temporada, Payet voltou das férias em boa forma física e tem tido mais minutos em campo. Com melhor ritmo, que pese a baixa qualidade de alguns adversários do Campeonato Carioca, o francês tem feito um bom começo de 2024 e tem mostrado como pode ser – e já é – importante para o time.

Emiliano exalta classificação e elenco do Vasco

Com a vitória neste domingo, o Vasco garantiu a vaga nas semifinais do Campeonato Carioca. Agora, o time vai enfrentar o Nova Iguaçu por uma vaga na decisão do Estadual. Mas, por avançar de fase, Emiliano Diaz ressaltou que a equipe já alcançou um dos objetivos que foram traçados no começo da temporada.

– Acho que no ano passado foi uma situação tão difícil que o time agora joga com muita pressão e sabe que a gente tem que brigar por tudo. É um objetivo que colocamos na mesa no início do ano. Então, acho que está dando resultado. Todo mundo está trabalhando bem para jogar. Acho que hoje os jogadores que não entram estão levantando o time. Porque sabe que se você não está 100%, eles estão preparados também. Isso está levantando o nível do Vasco – disse Emiliano Diaz.

Apesar de ter exaltado a classificação, o auxiliar técnico fez questão de discordar de ressaltar que não achou esta a melhor atuação do time em 2024.

— Acho que não foi nosso melhor jogo. O jogo de hoje era muito difícil, o treinador (da Portuguesa) foi embora, não tinha um plano de jogo deles. Não sabe se vai trocar ou não. Os primeiros 25 minutos nos custou um pouco — disse Emiliano.

E, apesar da goleada, o Vasco não teve, de fato, uma grande atuação, principalmente no primeiro tempo, como ressaltou Emiliano Diaz. O que, mais uma vez, mostrou a importância de Payet. As principais oportunidades de gols do clube foram criadas quando o francês conseguiu achar os seus companheiros em boas condições.

Nesta semana, além do confronto com o Nova Iguaçu, pela semifinal do Campeonato Carioca, o Vasco também tem o importante duelo com o Água Santa, na próxima quinta-feira, em São Januário, pela segunda fase da Copa do Brasil. Para Emiliano, o time está preparado para a sequência decisiva do primeiro semestre.

— O grupo está preparado para o início da temporada. O time está bem, então não vai ter problema jogar os dois jogos — afirmou Emiliano.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor de Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo