Brasil

Danilo, do Palmeiras, é a novidade Seleção convocada por Tite para data Fifa de junho

Volante do Palmeiras tem sido grande destaque do time bicampeão da Libertadores e pinta como novidade pensando na Copa 2022

O volante Danilo, do Palmeiras, foi a novidade entre os 27 convocados por Tite para a seleção brasileira, divulgada nesta quarta-feira, 11. A convocação é para a data Fifa que será realizada em junho, contra Coreia do Sul e Japão. Além do meio-campista, estão na lista também Weverton, também do Palmeiras, e Guilherme Arana, do Atlético Mineiro. São os únicos que atuam no Brasil na lista.

VEJA MAIS: Os duelos do Brasil contra Sérvia, Suíça e Camarões, relatados pelos jornais da época – e por nós mesmos

Há dois jogos marcados para a data Fifa de junho: no dia 2, a Seleção enfrenta a Coreia do Sul, em Seul; no dia 6, o jogo será contra o Japão, em Tóquio. Segundo Juninho Paulista, diretor de seleções na CBF, ainda há a tentativa da entidade em fechar um outro jogo, possivelmente contra uma seleção africana – já que as europeias seguem com o calendário da Liga das Nações. Pode ser que haja só mesmo dois jogos ou que um terceiro ainda surja até lá.

Dois jogadores não aparecem na lista por estarem machucados: o meio-campistas, Gérson, do Olympique de Marseille, e o atacante Antony, do Ajax. Os dois ainda estão na disputa por vaga no grupo que vai ao Catar no fim do ano, com boas temporadas em seus clubes, mas com lesões que comprometeram este final de temporada.

Na lateral esquerda, Tite ainda parece ter dúvidas e convocou três nomes: Alex Sandro, que é normalmente o titular, Alex Telles, do Manchester United, e Guilherme Arana, como já citado. Há uma disputa por duas vagas. Renan Lodi, do Atlético de Madrid, não foi chamado e parece um pouco mais distante nessa disputa, embora tenha melhorado no seu clube e tenha jogado mais vezes e melhor.

Na zaga, Tite parece ter claro os seus quatro nomes. Éder Militão e Gabriel Magalhães devem ser os nomes além de Marquinhos e Thiago Silva. Magalhães é o favorito para assumir essa quarta vaga entre os zagueiros, já que os outros três parecem já definidos. Na lateral direita, Daniel Alves e Danilo parecem consolidados como as opções de Tite.

No meio-campo, as opções parecem mais definidas também. Gérson não está na lista por estar lesionado, mas não tem lugar garantido no grupo, especialmente com a chegada de Danilo. O volante do Palmeiras é um dos mais promissores do futebol brasileiro. Caso ele tenha chance, pode se tornar uma opção importante. Em tese, concorre mais com Casemiro e Fabinho, mas também pode atuar como um segundo nome ao lado de um desses dois. Fred, do Manchester United, é um jogador também já bastante consolidado no elenco.

Como meias ofensivos, Coutinho e Paquetá parecem nomes certos. Paquetá, especialmente, é titular do time e tem seu nome já estabelecido. Coutinho voltou a figurar na lista mais recentemente, mas tem ido bem no seu clube e correspondeu na Seleção, quando chamado. Outros nomes, como Raphael Veiga, do Palmeiras, e Claudinho, do Zenit, ainda correm por fora, mas é muito difícil que consigam entrar nesse grupo a essa altura. Éverton Ribeiro, do Flamengo, parece ter perdido espaço.

Por fim, a disputa no ataque está grande. Gabriel Jesus, que vinha perdendo espaço, se recuperou no seu clube e está muito bem, o que deve fortalecer a sua posição, especialmente pela confiança de Tite nele. Gabriel Martinelli, do Arsenal, é um nome que surgiu bem e terá chance de mostrar algo para estar no grupo final. Quem parece ter ganhado mais espaço é Rodrygo, que brilhou pelo Real Madrid.

Matheus Cunha, fora da última lista por lesão, volta ao grupo e parece ter conquistado a confiança da comissão técnica. Richarlison, outro que vinha perdendo espaço em convocações até o ano passado, recuperou o bom momento no Everton e parece ter ganhado mais chances também para voltar a estar no elenco da Copa do Mundo. Nomes como Vinícius Júnior e Raphinha já parecem certos na lista final, assim como Neymar, claro.

Estes são os convocados:

Goleiros: Alisson (Liverpool), Éderson (Manchester City), Weverton (Palmeiras);

Laterais: Daniel Alves (Barcelona), Danilo (Juventus), Alex Sandro (Juventus), Alex Telles (Manchester United), Guilherme Arana (Atlético Mineiro);

Zagueiros: Éder Militão (Real Madrid), Gabriel Magalhães (Arsenal), Marquinhos (PSG), Thiago Silva (Chelsea);

Meio-campistas: Bruno Guimarães (Newcastle), Casemiro (Real Madrid), Danilo (Palmeiras), Fabinho (Liverpool), Fred (Manchester United), Lucas Paquetá (Lyon), Philippe Coutinho (Aston Villa);

Atacantes: Gabriel Jesus (Manchester City), Gabriel Martinelli (Arsenal), Matheus Cunha (Atlético de Madrid), Neymar (PSG), Raphinha (Leeds), Richarlison (Everton), Rodrygo (Real Madrid), Vinícius Júnior (Real Madrid)

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo