Brasil

Corinthians fecha parceria com projeto social para tirar mulheres da pobreza

Na 1ª rodada do Brasileirão, Corinthians terá campanha de doação de roupas que serão vendidas por parcerias de programa social nas favelas

Na primeira rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians pretende realizar a maior doação de roupas em uma partida de futebol. Essa ação é parte da nova parceria do clube com o projeto social Gerando Falcões, que está presente em cerca cinco mil favelas. Todas as doações serão encaminhadas para o programa ASMARA, que atende mulheres das periferias de São Paulo com produtos de segunda mão para revenda.

— Corinthians e sua magnífica torcida estão aliados com a Gerando Falcões. Estamos prontos para escrever um novo capítulo na história da nossa Fiel torcida e do nosso país, num capítulo onde o futebol serve como força motriz para o bem social, a dignidade e a transformação. Vamos em frente juntos, pois o time do povo e o poder do povo são imparáveis — afirmou Armando Mendonça, vice-presidente do Timão.

Cada mulher recebe mensalmente um kit com 80 itens, entre roupas e sapatos. O objetivo de cada participante é realizar a venda direta desses itens em sua própria comunidade em um prazo de 45 dias. Toda a renda gerada fica no bolso das integrantes do programa.

— A geração de renda é o grande foco do projeto e é um projeto muito focado na mulher. Aquela mulher que não tem rede de apoio para cuidar dos seus três, quatro ou cinco filhos. Aquela mulher que muitas vezes não pode trabalhar fora porque o marido não deixa, ou aquela mulher que tem uma idade mais avançada e já não consegue mais emprego — disse Mayara Lyra, uma das diretoras da ONG.

A parceria vai impactar cerca de 15 mil mulheres até o fim de 2024, além de contribuir com a meta de arrecadação de 3 milhões de peças de roupas, que serão vendidas por parceiras do ASMARA. Carliene Ferreira, uma das participantes de destaque do projeto, contou como

— Com esse dinheiro, eu consegui sair da casa onde eu morava com outra pessoa, de favor. Consegui construir a minha casa. Aos poucos, estou reformando a minha casa, comprando areia, cimento, enfim. Hoje, sustento a minha família sozinha com a renda que recebo pelo projeto — afirmou.

Doações acontecerão na Neo Química Arena

No domingo, 14 de abril, o Timão estreia pelo Brasileirão contra o Atlético-MG com o pontapé das atividades de arrecadação de roupas. Baús estarão espalhados por todo o estádio, onde as pessoas poderão depositar peças em bom estado de conservação.

Ações sociais do Corinthians vão adiante

Com a Gerando Falcões, a gestão Augusto Melo também começa a cumprir algumas promessas de campanha de impacto social. Dentre as atividades confirmadas pelo presidente e seu vice estão a distribuição de 1.500 ingressos para crianças carentes em partidas em casa e peneiras com jovens da periferia.

— Peneiras do Corinthians nas comunidades, daremos oportunidade para as crianças poderem fazer peneiras onde a Gerando Falcões atua. Esse é um projeto que estamos estruturando com o Claudinei, diretor da base, para levar isso para a frente — confirmou Mendonça.

— Fico muito feliz de poder hoje estar concluindo essa parceria com a Gerando Falcões. E podem ter certeza que até o final do nosso mandato, 70% da nossa arena será para o povo, mais acessível, e destinado para mulheres e crianças — acrescentou Augusto Melo.

Foto de Livia Camillo

Livia Camillo

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário FIAM-FAAM, escreve sobre futebol há cinco anos e também fala sobre games e cultura pop por aí. Antes, passou por Terra, UOL, Riot Games Brasil e por agências de assessoria de imprensa e criação de conteúdo online.
Botão Voltar ao topo