Brasil

Corinthians ainda não tem certeza sobre estreia de António Oliveira, mas opta por demissão de técnico interino

Para ter o treinador no banco no domingo, o Corinthians tem até às 19h00 desta sexta-feira para se acertar com o Cuiabá, que afirma que não recebeu o pagamento da multa para liberar António Oliveira

Tranquilidade e trabalho. Essas foram duas das palavras mais usadas pelos jogadores e comissão técnica do Corinthians depois da derrota diante do Santos na última quarta-feira (07).  Contudo, dois dias depois, Thiago Koloski, o interino que pregou trabalho, foi demitido.

O treinador interino do clube esteve a frente dos treinamentos desde a saída de Mano Menezes e ocupou o banco de reservas do clube no clássico alvinegro. Koloswki chegou ao Corinthians ainda no início de 2024 por pedido de Mano Menezes.

O anúncio oficial da saída do auxiliar técnico não foi feito pelo clube, mas Kolowski se antecipou e se despediu do clube.

— Informo o meu desligamento do Sport Club Corinthians Paulista no dia de hoje, e quero agradecer a todos dessa casa pelo apoio nesse período de trabalho em que estivemos juntos. Equipe diretiva, funcionários, staff e atletas que encontrei aqui no Timão, muito obrigado pelo empenho e dedicação que sempre esteve presente no dia a dia. Agradeço também ao professor Mano Menezes por ter me aberto as portas do Corinthians. Desejo a todos muito sucesso e conquistas. Vamos sempre em frente!

Corinthians aposta em estreia de António Oliveria no domingo, mas precisa se resolver com Mano Menezes

Na manhã desta sexta-feira (08), António Oliveria já comandou o treino no CT Dr. Joaquim Grava, um dia após chegar a São Paulo com a sua família. Apesar disso, o treinador e o elenco ainda não sabem se ele poderá estar no banco de reservas para a partida de domingo (11), diante da Portuguesa.

O motivo para isso é que a diretoria corintiana ainda não se acertou com Mano Menezes, que deixou o clube no início da semana e, de acordo com o regulamento da Federação Paulista de Futebol, o clube só pode inscrever um novo treinador depois que pagar ou negociar os valores de multa e rescisão com o profissional demitido.

As tratativas entre o ex-treinador e o Corinthians ainda não avançaram porque Mano Menezes pede garantias de que o valor será pago, mesmo que parcelado. A negociação já passou pelo departamento financeiro do Corinthians. Segundo apurado pela reportagem da Trivela, Fernando Alba, diretor-adjunto de futebol, é quem está cuidando das tratativas com a equipe do treinador. O pedido de Mano é que seu pagamento seja feito em cima de montantes pagos ao clube, como premiações, receitas de TV, vendas e patrocínios.

Cuiabá diz não liberar o treinador até que multa seja paga

O prazo para Corinthians inscrever António Oliveira no BID a tempo dele estar no banco de reservas diante da Portuguesa termina nesta sexta-feiram às 19h00 (horário de Brasília). Se isso não acontecer, o alvinegro terá que aguardar até a próxima semana para regularizar o novo treinador. Assim, o português apenas estrearia diante do Botafogo-SP, em Ribeirão Preto.

Além de Mano Menezes, o Corinthians precisa quitar outro valor. Há ainda a multa para liberar António Oliveira do Cuibá no valor de R$1,1 milhão. Segundo o presidente do Dourado, Cristiano Dresch, o clube não foi procurado para o acerto. Dresch classificou a atitude da diretoria alvinegra como “desrespeitosa”:

— O Corinthians só procurou o Cuiabá… na verdade eles nos ligaram comunicando que acertaram com o António, acho que faltou um pouquinho de respeito deles. Em relação à multa, até agora não foi paga, ninguém entrou em contato conosco para pagar. Não teve nenhuma negociação com o Cuiabá. A gente está aguardado o pagamento da multa, pois enquanto não for depositada, não vamos liberar o treinador. – disse o dirigente do Cuiabá, após a última partida do clube

Foto de Jade Gimenez

Jade Gimenez

Jornalista, fascinada por esporte desde a infância e transformou a paixão em profissão. Além do futebol, se mantem por dentro de outras modalidades desde Fórmula 1 até NFL. Trabalhou como repórter em TV e rádio cobrindo partidas de futebol, futsal e basquete.
Botão Voltar ao topo