Brasil

Entenda como Thiago Carpini ajudou a ‘salvar’ carreira de atacante do Galatasaray

Hoje técnico do São Paulo, Thiago Carpini foi companheiro de Wellington Rato e Carlos Vinicius na Caldense

Carlos Vinicius acaba de estrear pelo Galatasaray com gol na vitória por 4 a 2 sobre o Bandirmaspor, pela Taça da Turquia. Um início promissor para o atacante que coleciona passagens por Benfica, Tottenham, PSV e mais recentemente o Fulham, da Premier League, que o emprestou ao clube turco. Uma carreira por grandes centros e grandes clubes do futebol europeu… E que só foi possível graças a Thiago Carpini, hoje técnico do São Paulo.

O jogador ainda não era “Carlos Vinicius”, nem atacante. E sim, Carlinhos, lateral que defendia a Caldense, quando conheceu o treinador, à época um volante que recém havia encerrado a carreira. Carpini não queria mais atuar, mas aceitou um convite de um amigo, o técnico Thiago Oliveira, com um pedido de que fizesse ao menos o Campeonato Mineiro pelo clube, em 2017.

– Eu já tinha encerrado a minha carreira no Guarani, fui mais por um pedido de um amigo, Thiago Oliveira, que foi formado no São Paulo e que assumiu a Caldense como treinador. Falei: “Thiago, não aguento mais, acabei de fazer uma cirurgia”. E ele: “Não, me ajuda” – contou Carpini, em entrevista coletiva recente.

Como Carpini “salvou” Carlos Vinicius (e Wellington Rato)

Solidário, Carpini chegou para ser uma das referências da equipe, até por sua experiência. Em uma conversa com o técnico e amigo Thiago Oliveira, ele ouviu do treinador que ele pretendia dispensar o atacante Wellington (Rato) e o lateral-esquerdo Carlinhos, dois garotos que não rendiam como o esperado. Foi então que ele intercedeu.

– Os dois iriam ser dispensados e eu falei: “Thiago, tá louco? Calma!” E aí comecei uma proximidade com o Rato, neste momento acho que ajudei um pouquinho ele a colocar umas ideias em ordem, e o Carlinhos era um lateral-esquerdo mediano que hoje joga uma Premier League. É gratificante, são coisas que fazem valer a pena o futebol e a vida – conta Carpini, orgulhoso.

A dupla permaneceu no clube, e Carpini passou a se aproximar dos dois com conselhos para a carreira. Deu certo… E como! Carlinhos virou Carlos Vinicius. Após uma passagem pelo Grêmio Anápolis, o jogador deixou o Brasil rumo ao Real Sport Club, de Portugal. De lá, ele seguiu para o Rio Ave e foi contratado pelo Napoli, mas não chegou a atuar pelo clube italiano.

Carlos Vinicius, em ação pelo Fulham, seu último clube antes de ir para o Galatasaray (IconSport)

A carreira seguiu por Monaco, na França, e Benfica, onde ele se destacou, de fato. Pelos Encarnados, Carlos empilhou 24 gols em 47 jogos na temporada 2019/20. Foi suficiente para atrair os olhares do Tottenham, com José Mourinho. Mas a passagem pelos Spurs foi discreta. Ele ainda atuou pelo PSV antes de chegar ao Fulham na metade de 2022.  Na atual temporada, ele marcou três gols em 16 jogos antes de ser emprestado ao Galatasaray.

Rato, por sua vez, rodou por clubes de menor expressão até chegar ao São Paulo no ano passado. O atacante passou por Sampaio Corrêa, Joinville, Ferroviário-CE, Atlético-GO e Nagasaki, do Japão, antes de retornar ao Dragão. Foi no clube goiano, com uma excelente temporada em 2022, que ele chamou a atenção do Tricolor paulista.

No ano passado, ele foi um dos destaques da equipe, com cinco gols marcados e nove assistências. Rato foi o maior garçom do time em 2023 e é de novo em 2024. Já são três assistências na atual temporada, sob o comando de seu ex-companheiro e agora técnico Thiago Carpini. A proximidade do trio, aliás, rendeu um telefonema assim que o treinador assumiu o comando do Tricolor.

– Quando cheguei no São Paulo, o Carlos mandou uma mensagem: “Cuida do Ratinho aí viu?” – brincou o treinador.

Próximos jogos do São Paulo

  • São Paulo x Santos – Campeonato Paulista – quarta-feira, 14 de fevereiro, 19h30 (horário de Brasília);
  • São Paulo x Red Bull Bragantino – Campeonato Paulista – sábado, 17 de fevereiro, 18h00 (horário de Brasília);
  • Inter de Limeira x São Paulo – Campeonato Paulista – quarta-feira, 21 de fevereiro, 21h35 (horário de Brasília).
Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Eduardo Deconto nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na PUCRS. Antes de escrever para a Trivela, passou por ge.globo e RBS TV.
Botão Voltar ao topo