Brasil

Pesadelo do palmeirense, Carille começa a pensar na estratégia do Santos para o clássico e quer bola com Giuliano

A partir desta sexta-feira (26) Carille começa a pensar no clássico de domingo (28), contra o Palmeiras, no Allianz Parque

Líder isolado da classificação geral do Campeonato Paulista e responsável pelo único time a conquistar duas vitórias nas duas primeiras rodadas da competição, Fábio Carille não esconde a felicidade com a resposta que os jogadores têm dado neste início de temporada. E a partir desta sexta-feira (26), o treinador quer aproveitar o bom momento para começar a desenvolver a estratégia que colocará em campo com o objetivo de defender essa invencibilidade diante do Palmeiras, domingo (28), às 18 horas (horário de Brasília), no Allianz Parque, pela 3ª rodada do Paulistão.

O rival alviverde é um adversário que Carille conhece bem e já mostrou, em algumas oportunidades, que sabe como vencê-lo.

Desde que virou técnico efetivo, em 2017, o atual comandante do Santos enfrentou o Palmeiras em 10 oportunidades. Foram sete vitórias, um empate e apenas duas derrotas. Isso aponta para um aproveitamento de 73%.

Estádio palmeirense não tira o sono de Carille

Destes duelos, três deles foram disputados no estádio palmeirense, palco do próximo compromisso do Santos. E lá, o treinador venceu todos os confrontos. Um deles, inclusive, foi a final do Estadual de 2018, em que o Corinthians, seu ex-clube, conquistou o título, nos pênaltis, após perder o jogo de ida na Neo Química Arena por 1 a 0.

Para se ter uma ideia do pesadelo que Carille representa para o palmeirense, o treinador nunca viu suas equipes serem vazadas no Allianz Parque. O roteiro foi sempre o mesmo: gol ainda no primeiro tempo, segurança defensiva no restante das partidas e três pontos assegurados após o apito final.

Um clássico contra o Palmeiras no comando do Santos

Apesar do retrospecto positivo, o treinador saiu derrotado no último encontro com o Palmeiras. E foi sentado no banco de reservas do Santos. A partida em questão foi disputada na Vila Belmiro, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2021, e terminou com placar de 2 a 0. Este, aliás, foi o único duelo de Carille com o badalado Abel Ferreira.

Quais foram os 10 jogos de Carille contra o Palmeiras?

  • 23/02/2017 – Corinthians 1 x 0 Palmeiras – Neo Química Arena – Campeonato Paulista
  • 13/07/2017 – Palmeiras 0 x 2 Corinthians – Allianz Parque – Campeonato Brasileiro
  • 05/11/2017 – Corinthians 3 x 2 Palmeiras – Neo Química Arena – Campeonato Brasileiro
  • 24/02/2018 – Corinthians 2 x 0 Palmeiras – Neo Química Arena – Campeonato Paulista
  • 31/03/2018 – Corinthians 0 x 1 Palmeiras – Neo Química Arena – (Ida-Final) Campeonato Paulista
  • 08/04/2018 – Palmeiras 0 x 1 Corinthians – Allianz Parque – (Volta-Final) Campeonato Paulista
  • 13/05/2018 – Corinthians 1 x 0 Palmeiras – Neo Química Arena – Campeonato Brasileiro
  • 02/02/2019 – Palmeiras 0 x 1 Corinthians – Allianz Parque – Campeonato Paulista
  • 05/08/2019 – Corinthians 1 x 1 Palmeiras – Neo Química Arena – Campeonato Brasileiro
  • 07/11/2021 – Santos 0 x 2 Palmeiras – Vila Belmiro – Campeonato Brasileiro

O embate particular do treinador com o Alviverde ainda apresenta 12 gols marcados pelos times de Carille e seis sofridos.

No clássico, Carille quer a bola nos pés de Giuliano

Uma das estratégias de Carille para manter o Santos 100% no Paulistão diante do Palmeiras será colocando a bola mais vezes nos pés do meio-campista Giuliano. Autor de dois dos três gols da vitória do Peixe sobre a Ponte Preta, por 3 a 1, na Vila Belmiro, nesta quinta-feira (25), o camisa 10 foi bastante elogiado pelo treinador.

Contratado neste ano após o término do seu contrato com o Corinthians, Giuliano, de acordo com o técnico, ainda precisa ser mais “conhecido” dos companheiros.

– Precisamos conhecer mais ele, a bola tem que passar pelo pé de jogadores como ele. É isso que espero do meu time. O Giuliano é um jogador frio para fazer o gol, para dar uma assistência. Ele tem um toque diferente na bola. É um atleta que vem muito bem nesse início e com o crescimento da equipe, creio que ele vai crescer ainda mais – comentou Carille.

Para fazer todos os ajustes pensando no clássico, Carille terá apenas dois treinamentos. O primeiro às 17 horas (horário de Brasília) desta sexta-feira (26) e o segundo no sábado, no mesmo horário. Ambas as atividades serão realizadas no CT Rei Pelé. O Peixe viaja para a Capital no início da noite de sábado, onde ficará concentrado para a partida.

Foto de Bruno Lima

Bruno Lima

Jornalista pela UniSantos com passagem pelo Jornal A Tribuna de Santos. Já trabalhou na cobertura de jogos da Libertadores e das Eliminatórias Sul-Americanas no Brasil e no Exterior. Na Trivela, é setorista do Santos.
Botão Voltar ao topo