Brasil

Destro, aniversariante Bremer é presenteado com merecida convocação para a seleção no lugar do canhoto Gabriel Magalhães

Em bom momento na Juventus, Bremer foi convocado no dia de seu aniversário de 27 anos na vaga do machucado Gabriel Magalhães, para amistosos do Brasil contra Inglaterra e Espanha

Não só demorou, como precisou de mais um corte para que Bremer tivesse uma nova chance para jogar pela Seleção Brasileira, e logo no dia do seu aniversário de 27 anos. Nesta segunda-feira (18), no dia da apresentação dos atletas para os amistosos contra Inglaterra e Espanha, o técnico Dorival Júnior anunciou oficialmente que o defensor da Juventus foi chamado de última hora para o lugar de Gabriel Magalhães, do Arsenal.

– Já havia comunicado anteriormente que nós trabalhamos com uma lista um pouco mais extensa. Uma pré-convocação, podemos assim colocar, e novamente, no dia de hoje, tivemos mais uma baixa. Infelizmente, Gabriel Magalhães está desconvocado. Para o seu lugar, nós estamos chamando Bremer, da Juventus de Turim, da Itália.

Gabriel Magalhães não foi o primeiro jogador da defesa a ser cortado da primeira lista anunciada por Dorival Júnior. Marquinhos, do Paris Saint-Germain, já havia dado lugar a Fabricio Bruno, do Flamengo, que foi comandado por Dorival no Flamengo, em 2022. Além deles, Ederson, Casemiro e Martinelli já haviam sido cortados e substituídos respectivamente por Léo Jardim, Pepê e Galeno.

Convocação bastante merecida

Titular absoluto e principal zagueiro da Juventus, Bremer vem fazendo mais uma boa temporada pela Vecchia Signora. Segundo dados da Sofascore, o defensor recuperou 159 vezes a bola, deu 50 desarmes e 37 interceptações ao longo de 2023/2024. Ele vem se destacando desde o Torino, em que foi eleito o melhor zagueiro da Serie A de 2022, o fazendo ser convocado para a Copa do Mundo de 2023.

Quem acompanha de perto o futebol italiano e a temporada de Bremer acha que o chamado faz total sentido. Caio Bittencourt, jornalista que escreve para o site Calciopedia, especializado na Serie A e na Azzurra

– Acredito que faz sentido porque a defesa juventina sempre se manteve constante, e Bremer foi e é um dos símbolos dos bons números e resultados da Juventus na temporada. A queda de desempenho bianconera se deveu não a ele e ao sistema defensivo, mas sim pelos problemas do ataque, da construção de jogo e de gols.

– A constância do Bremer é grande. O desempenho dele quase sempre se mantém em alta nos últimos tempos e ele, a meu ver, ao lado do seu parceiro Gatti, é um dos melhores zagueiros da temporada na Itália. Os melhores longe da Inter, até porque o desempenho da Inter é muito acima do resto – finalizou Bittencourt.

Ausência de Murillo ainda chama atenção

Por mais merecida e interessante que seja a convocação do zagueiro da Juventus, chamou a atenção nos comentários do anúncio feito pela CBF a ausência de Murillo, do Nottingham Forest. A justificativa de que Dorival preferiu levar apenas dois zagueiros canhotos quando convocou Gabriel Magalhães e Beraldo não funciona mais, já que Bremer é destro.

Além disso, o defensor ex-Corinthians também atua na Inglaterra, país onde acontecerá o amistoso contra os anfitriões, no dia 23 de março. Pode ter pesado a má fase do próprio time, que neste momento, está na zona de rebaixamento da Premier League, na 18ª posição, com 21 pontos, após uma punição da liga, que tirou 4 pontos do clube por infração do fair play financeiro.

Independentemente da entrada de Murillo, pode-se se dizer que ao menos para um dos zagueiros brasileiros que estão fazendo grande temporada na Europa, a justiça foi feita, ainda que Gabriel Magalhães também merecesse uma chance na equipe de Dorival. Seu nome foi pedido tanto para a vaga de Murilo, do Palmeiras, e principalmente no lugar de Fabrício Bruno, homem que o treinador estreante conhece bem.

Resta saber se durante a data Fifa, o zagueiro mostrará o motivo de ser um dos pilares da Juventus, para garantir novos chamados do técnico da seleção brasileira já entre os nomes iniciais. Potencial e futebol para isso, Bremer tem de sobra, e seus números evidenciam isso na terra da bota.

Veja a lista de convocados:

Goleiros: Bento (Athletico-PR), Léo Jardim (Vasco) e Rafael (São Paulo)

Laterais: Danilo (Juventus-ITA), Yan Couto (Girona-ESP), Ayrton Lucas (Flamengo) e Wendell (Porto-POR)

Zagueiros: Beraldo (PSG-FRA), Bremer (Juventus-ITA), Fabrício Bruno (Flamengo) e Murilo (Palmeiras)

Meio-campistas: André (Fluminense), Andreas Pereira (Fulham-ING), João Gomes (Wolverhampton-ING), Bruno Guimarães (Newcastle-ING), Douglas Luiz (Aston Villa-ING), Lucas Paquetá (West Ham-ING) e Pablo Maia (São Paulo)

Atacantes: Endrick (Palmeiras), Rodrygo (Real Madrid-ESP), Pepê (Porto-POR), Galeno (Porto-POR), Raphinha (Barcelona-ESP), Richarlison (Tottenham-ING), Savinho (Girona-ESP) e Vinicius Júnior (Real Madrid-ESP)

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo