Brasil

Apostas arriscadas na Seleção

Após dois amistosos em que saiu vaiada pela torcida – um 0 a 0 chocho contra a Holanda, em Goiânia, e uma vitoria magra sobre a Romênia por 1 a 0 em São Paulo, na despedida de Ronaldo -, Mano Menezes convocou a Seleção Brasileira para a Copa América, que acontece em julho, na Argentina. O Brasil estreia na competição no dia 3 de julho, contra a Venezuela, em La Plata.

A lista não tem grandes surpresas, mas o técnico fez duas apostas arriscadas: Paulo Henrique Ganso e Alexandre Pato. Ambos estão voltando de contusões, e a forma deles é uma incógnita. Ganso deve retornar ao Santos na segunda partida da final da Libertadores, contra o Peñarol, e Pato chega diretamente para o grupo.

No restante da lista, alguns talvez se surpreendam com a presença de Jadson. O meia do Shakhtar Donetsk vem de grande temporada pelo clube, e fez uma boa partida no amistoso contra a Romênia, em sua primeira vez jogando uma partida inteira com a camisa canarinho.

De resto, nomes de sempre. Júlio César e Victor parecem indiscutíveis no gol. Na lateral direita, Daniel Alves vem de uma temporada iluminada no Barcelona, e Maicon, embora tenha se tornado reserva do barcelonista, ainda tem bola para a seleção.

Na esquerda, André Santos, queridinho do treinador, e Adriano, reserva no Barcelona. Não dá para entender a ausência de Marcelo, do Real Madrid. Comandado por Mourinho, o ex-lateral do Fluminense fez sua melhor temporada na Europa.

Na zaga, Lúcio retornou bem, Luisão também é sinal de experiência, enquanto David Luiz e Thiago Silva vêm ambos de excelentes temporadas em seus clubes.

Entre os volantes, nenhuma surpresa. Lucas Leiva, Ramires, Elias e Sandro são os homens de confiança de Mano Menezes.

No meio, a presença de Ganso pode dar ao time finalmente um padrão naquele setor, já que o Brasil sofre com escassez de armadores clássicos. Elano foi muito mal contra a Holanda jogando como camisa 10, e mesmo no Santos vem tendo um declínio físico durante os jogos. Completando os meias, Jadson e o jovem Lucas, do São Paulo – um jogador de enorme potencial.

Na frente, Robinho tem cadeira cativa, por mais que muitos torcedores não entendam. Neymar está em grande fase, e como diz o clichê, a camisa da seleção não pesa para ele. Fred vem recuperando a forma e o treinador conta com seus gols – embora o colorado Leandro Damião esteja num momento melhor. E Pato é uma incógnita devido ao seu preparo físico.

O que se espera da seleção na Copa América, acima de tudo, é um padrão de jogo. O time muitas vezes fica enroscado no meio-campo, e não consegue articular direito as ações ofensivas. A dificuldade do Brasil em furar o ferrolho romeno do último amistoso mostrou bem isso, especialmente na segunda etapa.

Esperamos que com o período de treinos antes da Copa América, Mano consiga dar liga ao time.

Brasileiro: Pet se despede

O momento mais marcante da terceira rodada do Brasileirão 2011 foi a despedida de Dejan Petkovic, na partida em que Flamengo e Corinthians empataram em 1 a 1, no Engenhão. O sérvio atuou em todo o primeiro tempo, jogou bem, e muitos flamenguistas acham que Pet ainda teria pique para encarar o resto do atual campeonato. Dada a idade do jogador, seria uma aposta um tanto arriscada.

Outros destaques da rodada foram a estreia de Borges fazendo dois gols pelo Santos contra o Avaí, na vitória por 3 a 1; Falcão escalando Oscar e D'Alessandro juntos na goleada do Inter sobre o América-MG; e, no confronto de times reservas, o massacre do Coritiba sobre o Vasco (5 a 1), com três gols de Anderson Aquino.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo