Brasil

A loucura desatou na Arena e o Sport pulsa, com o emocionante 4×3 em cima do Grêmio

A Arena do Grêmio recebeu o confronto entre adversários com interesses bastante distintos neste sábado. Enquanto o Grêmio escalava reservas, bem mais interessado no duelo de volta contra o River Plate pela Copa Libertadores, o Sport jogava a sua sobrevivência na competição. E o resultado foi uma partida insana, com sete gols e muita intensidade no segundo tempo. No entanto, o resultado final acabou sendo bem mais útil a quem precisava. O Leão da Ilha arrancou a vitória por 4 a 3 e segue sua reação. Depois de uma longa seca no Brasileirão, os rubro-negros somaram nove pontos nas últimas quatro partidas, próximos a sair da zona de rebaixamento.

Como quase sempre acontece, uma partida tão movimentada contou com erros defensivos recorrentes – algo natural, pensando nos desfalques do Grêmio e nas condições do Sport. O Leão saiu em vantagem, logo aos seis minutos. Jair apareceu livre dentro da área e completou de cabeça o cruzamento de Michel Bastos. Quando os anfitriões criavam mais chances para empatar, os pernambucanos ampliaram, aos 29. Mateus Gonçalves passou por Kannemann (suspenso na Libertadores e, por isso, utilizado) antes de tocar na saída de Paulo Victor. Os gremistas descontaram aos 37. Matheus Henrique foi o responsável pelo tento, aproveitando a sobra e avançando na entrada da área, antes de concluir no canto. O tricolor, no entanto, usou a mão para dominar a bola no início do lance, em infração ignorada pela arbitragem.

A loucura desatou apenas no segundo tempo, sobretudo nos primeiros 18 minutos. O Grêmio empatou aos cinco minutos, em pênalti convertido por Juninho Capixaba. Menos de um minuto depois, seria a vez de Gabriel anotar de cabeça, retomando a vantagem ao Sport. O Tricolor voltou a igualar aos 13, em ótima trama que Thonny Anderson concluiu as redes. Mas a noite era mesmo dos pernambucanos. Mais uma vez, Michel Bastos cobrou falta e Jair completou. O lance, aliás, teve outra irregularidade, com o impedimento não marcado do rubro-negro. No final, os gaúchos ainda estiveram próximos do empate, mas não conseguiram converter suas oportunidades.

A situação do Grêmio na tabela não se altera tanto assim. O maior prejuízo é se distanciar do G-4. O São Paulo abriu quatro pontos de diferença sobre os gaúchos, que ocupam a quinta colocação. Quem comemora é o Sport. O time revive suas esperanças desde o triunfo sobre o Inter na Ilha do Retiro. São 33 pontos no momento, ocupando o 17° lugar, a um ponto de sair do Z-4. Apesar de todo o drama, os três pontos conquistados em Porto Alegre são excelentes para aumentar as perspectivas do clube na luta contra o rebaixamento.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo