Brasil

A idolatria por Marquinhos é tão grande que Guga raspou o cabelo para celebrar o meia do Avaí

Marquinhos possui uma média de acessos absurda com o Avaí. O camisa 10 ajudou o Leão da Ilha a conquistar a promoção à Série A quatro vezes em 398 jogos. Ainda liderou a equipe na histórica campanha rumo ao sexto lugar do Brasileirão em 2009, permitiu que os avaianos alcançassem as semifinais da Copa do Brasil em 2011, encerrou uma espera de 12 anos sem o Campeonato Catarinense. Uma importância inegável, que merecidamente coloca o veterano como o maior ídolo do clube em todos os tempos. E a adoração ao meia ficou clara na noite desta segunda, graças ao torcedor-símbolo da Ressacada. Guga admitiu que raspou o cabelo em homenagem a Marquinhos, diante da aposentadoria do maestro após a conquista de mais um acesso na Segundona.

“Quis homenagear meu querido Marquinhos. Obrigado por tudo! Está parecidinho”, brincou a lenda do tênis. Guga apareceu de cabeça raspada durante a entrega do Troféu Gustavo Kuerten, que premia atletas de destaque e outras pessoas ligadas ao esporte em 15 categorias diferentes. O zagueiro Betão, uma das referências na campanha do Avaí na Série B, foi eleito o melhor futebolista profissional. Também esteve presente no evento o lateral Guga Rodrigues, uma das revelações do Leão da Ilha na campanha.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo