América do Sul

Peñarol publicou tuíte apoiando o demitido Forlán depois de novo treinador ser apresentado

O Peñarol arranjou uma crise interna peculiar que se soma à demissão de Diego Forlán, no começo desta semana, após a derrota por 2 a 0 para o Montevideo Wanderers. Logo depois de o novo treinador Mario Saralegui ser apresentado, a conta oficial do clube no Twitter publicou uma mensagem de apoio a Forlán e gerou uma denúncia à delegacia de Crimes Digitais.

O tuíte publicado às 22h25, de terça-feira, dizia: “Desculpe, @DiegoForlan7, nossos dirigentes não te merecem”. Ele recebeu 88 respostas, 168 retuítes e 564 likes antes de ser apagado.

“Estamos tentando averiguar. Sei que não é fácil descobrir se o problema veio de fora ou de dentro, mas vamos fazer todo o possível para descobrir o que aconteceu”, afirmou o vice-presidente do Peñarol, Rodolfo Cantino.

Segundo o Ovación, o presidente do clube, Jorge Barrera, lançou uma investigação interna para encontrar o culpado. Perguntou aos responsáveis pelas redes sociais se havia sido cometido um erro e lhes deu a possibilidade de assumir a autoria do tuíte. Como ninguém se apresentou, encaminhou uma denúncia à delegacia de Crimes Digitais.

Contratado para esta temporada, Forlán conseguiu apenas quatro vitórias e três empates em 11 partidas no comando do Peñarol, nove pelo Campeonato Uruguaio e duas pela Libertadores. Os carboneros estão em sétimo lugar no Apertura, a sete pontos do líder Wanderers.

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo