América do Sul
Tendência

Campeões de Liga Europa e Sul-Americana se enfrentarão em novo torneio à la Copa Toyota

O torneio é resultado de um acordo de cooperação entre as entidades que regem o futebol na América do Sul e Europa

A Conmebol e a UEFA anunciaram nesta sexta-feira (7), a criação de uma nova competição internacional, o ‘Desafio de Clubes’, que vai reunir o vencedor da Copa Sul-Americana e da Liga Europa.

Nesta primeira final, marcada para o próximo dia 19 de julho, o Independente del Valle, do Equador, que venceu a última edição da Sul-Americana, enfrentará o Sevilla, campeão da Liga Europa, Estadio Ramón Sánchez Pizjuán, em Sevilla, às 22h.

O torneio é resultado de um acordo de cooperação entre as entidades que regem o futebol nos dois continentes. Nesta primeira edição, a taça terá o nome de “Antonio Puerta XII”, em homenagem ao jogador do Sevilla morto em 2007, vítima de um ataque cardíaco.

Quais são as regras da UEFA Conmebol Desafio de Clubes?

Os dois campeões se enfrentaram em partida única, sem prorrogação. Em caso de empate no tempo regulamentar, a decisão será nas penalidades. Os vencedores receberão uma placa e medalhas comemorativas.

Momento dos clubes

O Del Valle está no meio da temporada, disputando o Campeonato Equatoriano e as oitavas de final Libertadores. O clube equatoriano estava no grupo do Corinthians, que acabou eliminado e terá de jogar a Copa Sul-Americana. Já no campeonato nacional, melhor impossível: o Del Valle é líder com quatro pontos de vantagem para o segundo colocado, El Nacional. Aos poucos, a equipe vai se transformando na mais temida do Equador e força bastante relevante no cenário da América do Sul, com vitórias expressivas contra gigantes como Flamengo, Corinthians e São Paulo.

Já o Sevilla, que terminou o Campeonato Espanhol na 12ª colocação, está em férias. A estreia na temporada 2023/2024 será em 12 de agosto, contra o Valencia. A equipe vem de um ano bastante oscilante e chegou a brigar contra o rebaixamento no Espanhol, se recuperando mais para o final. Já na Liga Europa, o Sevilla mostrou seu pedigree na competição — da qual é o maior vencedor — e conquistou a taça ao bater a Roma de José Mourinho.

Lembrança da Copa Suruga?

O formato do UEFA Conmebol Desafio de Clubes lembra o do Torneio Intercontinental, realizado entre as décadas de 1960 e 2000, e a Copa Suruga.

O Intercontinental, depois conhecido como Copa Toyota, já teve seis brasileiros campeões: Santos (1962 e 1963), São Paulo (1992 e 1993), Flamengo (1981) e Grêmio (1983). O torneio teve alguns formatos, iniciando sua disputa em ida e volta, com um jogo na casa de cada campeão, e passando depois a ser disputado no Japão, com patrocínio da montadora japonesa Toyota — daí o nome da competição.

O título é reconhecido pela FIFA como título de Mundial de Clubes desde 2017. Na época, a entidade máxima do futebol reconheceu as conquistas após um pedido de Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol.

Já a Copa Suruga é uma parceria da Conmebol com a Associação de Futebol do Japão (JFA), e reúne o campeão da Sul-Americana e o campeão da Copa da Liga Japonesa do ano anterior. Desde a sua criação, em 2008, apenas o Internacional, que a disputou em 2009, e o Athletico-PR, vencedor em 2019, foram brasileiros que se sagraram campeões do torneio.

Além dos títulos, o Brasil esteve na decisão em apenas outras duas oportunidades. Em 2013, o São Paulo foi vice-campeão ao perder para o Kashima Antlers por 3 a 2; e em 2016, ano da tragédia com o avião da Chapecoense, o time catarinense também foi o segundo colocado ao ser derrotado por 1 a 0 pelo Urawa Red Diamonds.

Foto de Denise Bonfim

Denise Bonfim

Denise Bonfim é jornalista e produtora de conteúdo. Participou da cobertura de duas Copas do Mundo e duas Olimpíadas, e soma passagens por Estadão, CNN, Jovem Pan, UOL e Globo.
Botão Voltar ao topo