Libertadores

Baile na Colômbia: Palmeiras goleia e bota um pé na semifinal da Libertadores

Com atuação de gala de Rony, Palmeiras atropela o Deportivo Pereira e encaminha vaga na semifinal da Libertadores

O Palmeiras está muito próximo de garantir vaga nas semifinais da Libertadores pela quarta vez consecutiva. Pelo jogo de ida das quartas de final, o Alviverde goleou o Deportivo Pereira por 4 a 0 nesta quarta-feira (23), no estádio Hernán Ramírez Villegas, em Pereira, na Colômbia.

Dominante desde o início, o time comandado por Abel Ferreira contou com gols de Raphael Veiga, de pênalti, Marcos Rocha e Mayke para abrir boa vantagem antes do intervalo. O nome do jogo, no entanto, foi Rony, que participou dos três primeiros tentos e marcou o quarto, já no segundo tempo.

Com Gabriel Menino e Dudu recuperados de suas respectivas lesões, o Palmeiras entrou em campo com força máxima. A única surpresa foi a escalação de Marcos Rocha e Mayke como titulares, deixando Artur, artilheiro da equipe na Libertadores com cinco gols, no banco. A mudança funcionou, e ambos foram muito bem no primeiro tempo avassalador do clube brasileiro, cada um com um gol.

Com a vantagem adquirida na Colômbia, o Palmeiras pode perder por até três gols de diferença no Allianz Parque para avançar às semifinais. Caso o Deportivo Pereira consiga um improvável triunfo por quatro gols de vantagem, a vaga será decidida nos pênaltis. A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira (30), às 21h30 (horário de Brasília).

Primeiro tempo quase perfeito

O primeiro tempo do Palmeiras foi de almanaque. Com muita posse de bola, movimentação e triangulações no ataque, o Alviverde precisou de apenas 33 minutos para abrir 3 a 0. A primeira chegada perigosa foi com Dudu, que ficou com a sobra após desvio de Mayke e viu Quintana sair em seus pés. O camisa 7 driblou com facilidade o goleiro, mas viu seu cruzamento para área ser afastado pela marcação.

Pouco depois, foi a vez de Rony aproveitar o vacilo da defesa do Deportivo Pereira, roubar a bola e sofrer falta de Vásquez. O argentino Facundo Tello marcou a infração fora da área, mas o árbitro de vídeo constatou que o contato foi na linha da área e assinalou pênalti. Raphael Veiga foi o encarregado da cobrança e chutou firme no canto esquerdo do goleiro Quintana, que até pulou para o lado certo, mas não foi capaz de evitar o primeiro gol palmeirense.

O placar de 1 a 0 fez o Deportivo Pereira sair para o ataque, mas sem qualquer organização. Foi praticamente um convite para o Palmeiras, que aproveitava os erros mandantes para ampliar sua vantagem. Aos 30, Marcos Rocha recebeu pela direita e contou com a movimentação de Mayke para ter espaço para achar Rony. O atacante dominou girando sobre a marcação e devolveu dentro da área para Marcos Rocha, que dominou e tocou na saída de Quintana. A arbitragem marcou impedimento, mas o gol foi validado após análise do VAR.

Três minutos depois, mais um erro adversário e novo tento alviverde. Rony roubou a bola no campo de ataque, Mayke invadiu a área e deixou para Raphael Veiga. Mesmo com o goleiro fora do gol, o meia preferiu tocar para Dudu, que achou Mayke na segunda trave. O lateral só teve o trabalho de completar para as redes e confirmar o golaço.

Antes do primeiro tempo terminar, ainda deu tempo de Veiga quase marcar novamente, mandando para fora ao receber de Rony, invadir a área e bater cruzado. Dudu também quis fazer o seu, mas parou em Quintana em chute fraco dentro da área.

Deportivo Pereira equilibra o jogo, mas Rony sacramenta o passeio

O segundo tempo foi mais equilibrado. O Deportivo Pereira não permitiu que o Palmeiras controlasse tanto a posse de bola e ameaçou o gol de Weverton em algumas oportunidades. Com alguns segundos de segunda etapa, o goleiro brasileiro já foi exigido em tentativa de Ángelo Rodríguez, que girou em cima de Murilo e bateu de primeira.

Weverton também fez boa defesa em falta cobrada por Carlos Ramírez. A finalização foi de longe, mas foi forte e no canto esquerdo do arqueiro alviverde, que precisou se esticar para mandar para escanteio. Foi a segunda e última boa chegada dos donos da casa.

Quando o 3 a 0 parecia definitivo, Rony fez questão de relembrar quem era o melhor em campo. Após grande enfiada de bola de Murilo que quebrou por completo a marcação do Deportivo Pereira, Rony ficou de frente com Quintana e precisou só de dois toques para confirmar a goleada: um para dominar e outro para finalizar cruzado. Vitória por 4 a 0 do Palmeiras e classificação muito bem encaminhada.

Próximo jogo do Palmeiras

O Palmeiras volta a campo no domingo (27) para enfrentar o Vasco, às 18h30 (horário de Brasília), no Allianz Parque, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Atualmente, o time de Abel Ferreira é o vice-líder da competição nacional, com 37 pontos conquistados em 20 jogos.

Já o Deportivo Pereira não terá compromisso antes da partida de volta das quartas de final da Libertadores. A equipe até enfrentaria o Águilas Doradas no domingo pela oitava rodada do Torneio Finalización, mas o confronto foi adiado.

Estatísticas de Deportivo Pereira (COL) 0 x 4 Palmeiras

  • Posse de bola: Deportivo Pereira 40% x 60% Palmeiras
  • Finalizações (certas): Deportivo Pereira 10 (2) x 9 (5) Palmeiras
  • Passes certos: Deportivo Pereira 263 (82%) x 418 (85%) Palmeiras
  • Grandes chances: Deportivo Pereira 0 x 4 Palmeiras
  • Gol: Raphael Veiga, aos 22, Marcos Rocha, aos 30, Mayke, aos 33 minutos do 1ºT, e Rony, aos 36 minutos do 2ºT (Palmeiras)
Foto de Felipe Novis

Felipe Novis

Felipe Novis nasceu em São Paulo (SP) e cursa jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. Antes de escrever para a Trivela, passou pela Gazeta Esportiva.
Botão Voltar ao topo