Libertadores

Segue o líder (geral): Palmeiras bate Del Valle e garante vaga nas oitavas

Abel Ferreira inovou na formação e viu seu Palmeiras sofrer no fim do jogo para garantir o resultado

O Palmeiras não fez um grande jogo, algo que vem acontecendo com certa frequência nesta temporada. Mas a maior virtude das grandes equipes é justamente conquistar grandes resultados mesmo sem jogar bem.

E, desse modo, mesmo oscilando muito, o Palmeiras já garantiu sua classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores, com a vitória por 2 a 1 sobre o Independiente del Valle.

Mais do que isso: com 13 pontos no Grupo F, o Palmeiras é também o líder geral do torneio continental. Richard Ríos e Gustavo Gómez, ainda no 1º tempo, fizeram os gols alviverde. Lautaro Díaz fez o gol do Del Valle, na segunda etapa.

Dificuldade até o gol

Embora tenha terminado 2 a 0, o primeiro tempo do Palmeiras não vinha sendo bom ofensivamente. Em um esquema sem meia-armador, com Veiga e Rômulo no banco, o time procurava chegar pelas beiradas.

Não por acaso, Estêvão, pela direita, e Lázaro, do outro lado, se destacaram no começo da partida.

Na defesa, o Palmeiras sofreu com alguns contra-ataques. Nas costas de Marcos Rocha, Caicedo conseguiu liberdade para bater duas vezes a gol, da entrada da área.

O Palmeiras buscava apertar a saída de jogo do Del Valle. Mas, com o recuo de Kendry Paez para buscar jogo, os equatorianos não se complicavam tanto quanto Abel certamente imaginava.

Dá para dizer até que o Del Valle era um pouco melhor quando Richard Ríos cobrou falta central, da intermediária, para fazer um golaço.

Vale ressaltar que Ríos reclamou acintosamente com o juiz pela marcação da falta, já que o Palmeiras, com Endrick, levava vantagem no lance.

O gol trouxe tranquilidade ao Verdão, que se ajeitou em campo. Aos 45, em bola cruzada, Flaco López cabeceou para baixo e a bola pegou no braço de Landázuri, que estava esticado.

Gómez cobrou com categoria, aos 47, para empatar com Luis Pereira como zagueiro a fazer mais gols com a camisa do Palmeiras.

Tensão no Allianz Parque

O Del Valle voltou melhor. Aos 4, Hoyos balançou a rede, mas estava impedido. Aos 18, foi a vez de Lautaro Díaz. E, desta vez, o lance valeu.

O lançamento na direção de Lautaro, na esquerda do ataque, pegou Gustavo Gómez desatento. A tentativa de domínio, virou drible de calcanhar, que deixou o paraguaio perdido.

Lautaro avançou e ainda teve tempo de deixar Zé Rafael no chão, antes de bater no contrapé de Weverton e fazer o primeiro para o time do Equador.

O gol deixou o Palmeiras preocupado. Até aquela altura, o Verdão jogava solto. Estêvão e Endrick driblavam,, tabelavam e criavam jogadas de efeito. Logo, ambos deixariam o campo, junto com Flaco.

Abel colocou Mayke, Veiga e Rony e reforçou a parte defensiva. Mas o Del Valle era melhor. O incômodo no Allianz Parque era palpável. A ponto de Luan também ir a campo, no lugar de Ríos com um incômodo no pé direito.

Aos poucos, as alterações foram minando o ataque dos visitantes. Mas, na base da empolgação com  a possibilidade do empate, o bom time do Independiente del Valle pressionou até os instantes finais. Em vão. A vitória seria mesmo do time de Abel Ferreira.

Foto de Diego Iwata Lima

Diego Iwata Lima

Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, Diego cursou também psicologia, além de extensões em cinema, economia e marketing. Iniciou sua carreira na Gazeta Mercantil, em 2000, depois passou a comandar parte do departamento de comunicação da Warner Bros, no Brasil, em 2003. Passou por Diário de S. Paulo, Folha de S. Paulo, ESPN, UOL e agências de comunicação. Cobriu as Copas de 2010, 2014 e 2018, além do Super Bowl 50. Está na Trivela desde 2023.
Botão Voltar ao topo