Libertadores

Olha ele aí! Óscar Cardozo marcou duas vezes, e o Libertad confirmou vaga nas quartas de final

Óscar Cardozo, sim, aquele, ex-Benfica, o que perdeu um pênalti quando estava 0 x 0 contra a Espanha nas quartas de final da Copa do Mundo de 2010, acabou de anotar dois gols nas oitavas de final da Libertadores e ajudou a confirmar a presença do Libertad na próxima fase, após vitória por 2 a 0 sobre o Jorge Wilstermann, nos 2.500 metros de Cochabamba.

Cardozo está com 37 anos e não é de agora que tem feito gols na Libertadores. Anotou nove nas últimas duas edições. Em 2018, quando ainda era um jovenzinho, fez cinco em seis partidas. Está no Libertad desde 2017. Na atual competição, marcou contra o Independiente Medellín, na primeira rodada da fase de grupos, e no jogo de ida, quando os paraguaios construíram com muita facilidade a vitória por 3 a 1.

Com essa vantagem, o jogo de volta foi uma questão de administrar. O Jorge Wilstermann teve mais produção ofensiva no primeiro tempo, embora apenas um dos seus dez chutes tenha acertado o alvo. Mas que chute, viu? Patricio Rodríguez pegou a sobra do escanteio da marca do pênalti, e Martín Silva fez uma defesaça. Silva voltou a trabalhar bem no começo do segundo tempo.

O Jorge Wilsterman, aliás, terminou o jogo com 70% de posse de bola e 27 finalizações, mas quem colocou a bola na rede foi Cardozo. Aos 22 minutos do segundo tempo, acertou um característico chute de fora da área para abrir o placar. Depois, após o Libertad acertar a trave em cobrança de escanteio, a bola voltou para outro arremate preciso de canhota.

O Libertad enfrentará o Palmeiras nas quartas de final.

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo