Libertadores

Com pinturas de Thiago Galhardo e Caio, o Inter passou por cima do Olimpia: 6 a 1

Na reestreia de Taison, o Colorado chegou à segunda goleada consecutiva pela Libertadores

Taison era a grande atração da noite no Beira-Rio, fazendo sua reestreia pelo Internacional, mas os principais destaques ficaram por golaços de Thiago Galhardo e Caio. Com muita tranquilidade, o time de Miguel Ángel Ramírez chegou à segunda vitória nesta fase de grupos da Libertadores ao derrotar o Olimpia por 6 a 1.

Grande contratação da temporada, Taison, de volta ao Beira-Rio após 11 anos na Ucrânia, deu seu cartão de visitas, logo aos nove minutos. Cruzou para a marca do pênalti, e Edenílson apareceu completamente livre. Mas o volante apenas colocou o corpo na trajetória da bola, sem direcioná-la, e mandou para fora. Foi, porém, o prenúncio de um primeiro tempo muito bem controlado pelo Colorado.

O Inter teve 65% de posse de bola, bateu oito vezes ao gol, exigiu três defesas do goleiro Gastón Olveira e abriu o placar, aos 29 minutos, quando Rodinei cobrou escanteio para Victor Custa marcar de peixinho. No outro lado do gramado, a defesa lidou bem com o Olimpia, que chegou ao intervalo com apenas duas finalizações, nenhuma delas muito perigosa.

Qualquer esperança de voltar ao jogo do Olimpia se dissipou logo no começo da etapa final. Maurício tentou passar para Moisés, mas Benítez colocou a bola na mão, dentro da área. Edenílson ampliou. Para garantir, o Internacional marcou o terceiro pouco depois. A jogada começou com Taison pela esquerda, Galhardo fez o corta-luz dentro da área e Marcos Guilherme mandou para o gol. Olveira fez a defesa, e Galhardo marcou no rebote.

O Olimpia só ameaçou quando Marcelo Lomba se atrapalhou na saída de bola. Após tocar de lado e receber de volta, ele evitou o chutão, apesar de a pressão paraguaia dentro da área ser clara, e perdeu para Braian Ojeda. Ojeda ainda driblou Lomba, mas, desequilibrado, mandou para fora.

Passado o susto, o Inter seguiu insaciável. Galhardo recebeu de Praxedes na entrada da área e aproveitou a saída de Olveira para mandar por cobertura, bem ao seu estilo, e Yuri Alberto completou a jogada individual de Marcos Guilherme, que disparou pela direita e cruzou rasteiro à boca do gol.

Como se fosse uma competição de quem faz o gol mais bonito, Caio Vidal fechou a goleada com chave de ouro. Aos 34 minutos, a defesa cortou o cruzamento de Saravia, e o garoto emendou uma bicicleta da entrada da área. Em um pênalti cometido por Rodrigo Dourado, o Olimpia descontou no finzinho, mas para lá de tarde demais para estragar a noite do Inter.

Após a estreia ruim com derrota para o Always Ready, o Internacional emendou a segunda goleada seguida e assumiu a liderança do grupo com seis pontos. Always Ready e Deportivo Táchira jogarão na quinta-feira, e podem até empatar em pontuação, mas dificilmente terão saldo para passar a máquina de gols colorada.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

.

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo