Libertadores

Bons com a palavra, o que Renato e Jesus falaram sobre o jogaço da Libertadores

Renato Gaúcho e Jorge Jesus têm algo em comum, além de estarem na semifinal da Libertadores, que começa na noite desta quarta-feira: não costumam segurar a língua. Tão bons com as palavras quanto com as pranchetas, suas entrevistas costumam ser interessantes e, por isso, vale a pena dar uma olhada no que disseram ao longo dos últimos dias sobre o jogaço de Porto Alegre, às 21h30 (Brasília).

[foo_related_posts]

A parte de Renato Gaúcho você já deve ter visto por aí. Ele deu algumas cutucadas em Jesus, pelo fato de o português nunca ter tido sucesso fora de Portugal, e jogou todo o favoritismo para cima do Flamengo, citando bastante a questão financeira. Surpreendentemente, Jesus não quis entrar na troca de farpas e admitiu que o Grêmio é um dos poucos times capazes de colocarem o seu em apuros.

Renato Gaúcho

Renato Gáucho com seus jogadores (Foto: Getty Images)

“Concordo que o Flamengo está jogando o melhor futebol do Brasil junto com o Grêmio, mas o Jorge Jesus ganhou só dois ou três títulos portugueses. E saiu de Portugal, foi para a Arábia. Ele nunca treinou fora de Portugal um grande clube na Europa. Nunca conquistou nada e está com 65 anos” (Zero Hora

“O que Sampaoli e Jesus ganharam? Estão fazendo ótimo trabalho, mas trabalho no futebol é resultado. Ele está com 65 anos, treinou apenas clubes em Portugal, e a pergunta que eu faço, já que os treinadores brasileiros estão ultrapassados, por que ele não saiu de Portugal e treinou outro grande clube da Europa?” (Globo

“É obrigação do Flamengo jogar o melhor futebol. Ele tem o jogador que quiser. O Grêmio gastou R$ 7 milhões, R$ 8 milhões, em contratações. O Flamengo gastou quase R$ 200 milhões. Se me derem quase R$ 200 milhões, eu também monto uma seleção e terei a obrigação de jogar o melhor futebol do Brasil e terei a obrigação de ganhar os títulos. Flamengo é favorito? Sim. O Flamengo vai passar pelo Grêmio? Aí eu não sei  (Globo

“As pessoas estão dizendo que falei que ele é velho e ganhou poucos títulos. Todo mundo sempre leva para outro lado. Ele treinou em Portugal e depois na Arabia. Não menosprezo a idade dele. O que quis dizer é que estou surpreso por ele não ter ganho mais coisas com o trabalho que ele está mostrando no Flamengo. Não é a idade. O trabalho no Flamengo é excelente, mas ele tem dois ou três títulos na carreira.” (UOL)

“Se pegar a Seleção e fizer amistoso com o Flamengo, é jogo duro. Por isso tem que dar os parabéns para o Flamengo, gastaram e montaram um grande elenco, para chegar. Mas hoje está em uma semifinal de Libertadores, com o Grêmio, e o Grêmio não gastou nada. Simplesmente descobriu talentos aqui dentro. Estamos de parabéns, estamos justamente onde o Flamengo se encontra, nossa terceira semifinal em três anos, e praticamente sem gastar”. 

“Para falar a verdade, não cheguei a trabalhar com um jogador que eu não tenha conseguido recuperar. Joguei com os melhores do Brasil, trabalhei com uma porrada de treinadores, aprendi muito. Recuperar um jogador para mim é como tomar chope” (UOL

Vou fazer de tudo para que o Grêmio passe, mas se não passar, vou ser torcedor do Flamengo. Ainda mais contra argentino”

Jorge Jesus

Jorge Jesus, do Flamengo (Foto: Getty Images)

“Vai ser disputado, como é óbvio. Nada vai ser resolvido em Porto Alegre aconteça o que acontecer. Vai ser muito competitivo, com ritmo alto. Essa, sim, é uma equipe que vai disputar o jogo conosco e algumas vezes nos colocar nas cordas. Mas estamos preparados para isso. Estamos conscientes para atacar e defender quando necessário. Vai ser um grande jogo e espero que o Flamengo esteja em um nível alto para competir e dar a resposta.”

 É um colega de profissão e estou aqui para falar sobre futebol. Na quarta, vou falar do jogo com o Grêmio. Mais do que isso, não vou falar. Apenas de que o Renato tem mais conhecimento do futebol brasileiro do que eu, já ganhou a Libertadores”

“O Grêmio vai poupar jogadores, não faremos isso, mas vamos para frente. Acreditamos muito no que a equipe é capaz de fazer. Nossos atletas não estão dando sinais de fadiga. Tive a oportunidade de poupar alguns jogadores no jogo de hoje (contra o Inter, semana passada). Não vou poupar ninguém por causa do jogo do Grêmio. Quem tiver condição, vai jogar”. 

“O fato de Rafinha, Gerson e Filipe não jogarem (contra o São Paulo)? Vocês estão habituados aos times da Libertadores colocarem todos reservas. Por que não posso colocar três? Não entendo essa admiração”.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo