América do SulLibertadoresMéxico

Grupo 5: Tijuana

TIJUANA

Club Tijuana Xoloitzcuintles de Caliente
Como chegou à Libertadores: 2º na fase de classificação do Apertura 2012
Melhor campanha: Estreia no torneio
Campanha em 2011/12: Não disputou

 

 

Destaque

Fernando Arce. É um ídolo local. Nasceu em Tijuana e fez a carreira mais ao sul. Brilhou em Morelia e Santos Laguna antes de retornar à sua cidade. O veterano meia é o termômetro dos Xolos. Ele organiza o jogo mais de trás, distribui a bola e cria condições para os atacantes usarem sua velocidade.

Ponto forte

Velocidade pelos lados. É uma equipe que gosta de explorar o contra-ataque. Arce organiza o jogo, e os alvos costumam ser Riascos pela direita e Fidel Martinez, sósia de Neymar, pela direita. Alfredo Moreno é o homem de finalização, e pode ser o destino final das jogadas.

Ponto fraco

Distância geográfica. Do mesmo jeito que San José e Corinthians vão sofrer com as longas viagens até Tijuana, os Xolos vão padecer quando jogarem fora de casa. Considerando que muitos clubes mexicanos já têm costume de priorizar o campeonato nacional à Libertadores, não descarte os Xolos mandarem equipes mistas ou reservas para a América do Sul.

Até onde pode ir

Depende muito do nível de interesse na competição, mas tem potencial para chegar até às quartas de final.

Time base

Tijuana campinho

Técnico: Antonio Mohamed

VOLTAR AO GUIA

Mostrar mais

Ubiratan Leal

Ubiratan Leal formou-se em jornalismo na PUC-SP. Está na Trivela desde 2005, passando por reportagem e edição em site e revista, pelas colunas de América Latina, Espanha, Brasil e Inglaterra. Atualmente, comenta futebol e beisebol na ESPN e é comandante-em-chefe do site Balipodo.com.br. Cria teorias complexas para tudo (até como ajeitar a feijoada no prato) é mais que lazer, é quase obsessão. Azar dos outros, que precisam aguentar e, agora, dos leitores da Trivela, que terão de lê-las.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo