América do SulLibertadores

Grupo 4: Emelec

EMELEC

Club Sport Emelec
Como chegou à Libertadores: Vice-campeão equatoriano
Melhor campanha: Semifinalista (1995)
Campanha em 2012: Oitavas de final

 

 

Destaque

Pablo Zeballos. O atacante paraguaio conseguiu a proeza de ser ídolo dos dois grandes clubes do país. No Cerro Porteño foram 14 gols em 2010. No ano seguinte, já no rival Olimpia, foram mais 24… Fora as boas atuações. No russo Krylia Sovetov, Zeballos pouco fez, mas chega credenciado pela habilidade para criar e marcar gols.

Ponto forte

O ataque. Podem ser dois, podem ser três. O fato é que o Emelec está muito bem servido no setor ofensivo. Grande contratação da temporada, o paraguaio Pablo Zeballos deve ter vaga cativa, enquanto o centroavante Caicedo e os esforçados Mondaini e Marlon de Jesús brigam por outras duas vagas, sendo na composição da linha de quatro no meio ou no setor de frente.

Ponto fraco

A defesa. Se as coisas não funcionarem lá na frente o Emelec deve ter grandes problemas. O time do ano passado tomou muitos gols e mesmo assim jogava fechado. Com mais força ofensiva não deve haver tamanha preocupação na retaguarda, o que pode dificultar as coisas. Baguï, Nasuti, Morante e Achillier fazem um bom quarteto defensivo em termos locais, mas não no continente.

Até onde pode ir

Quartas de final

Time base

Emelec

Técnico: Gustavo Quinteros

VOLTAR AO GUIA

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo