América do SulLibertadores

Grupo 2: Sporting Cristal

SPORTING CRISTAL

Club Sporting Cristal
Como chegou à Libertadores: Campeão peruano 2012
Melhor campanha: Vice-campeão (1997)
Campanha em 2011/12: Não disputou

 

 

Destaque

Diego Penny. Goleiro bastante alto (1,97 metro), tem uma carreira bem acima da média para os peruanos de sua posição. Teve uma passagem pela Inglaterra (foi reserva na conquista da segunda divisão do Burnley) e pela seleção do Peru.

Ponto forte

Meio-campo. Carlos Lobatón é irmão caçula de Abel Lobatón, atacante que jogou no Atlético Paranaense em 2000 e foi campeão da Sul-Americana de 2003 pelo Cienciano. Carlos joga ao lado de Chiroque, ambos com experiência (32 anos) e talento para pensarem o jogo no meio-campo do Sporting Cristal.

Ponto fraco

Ataque. Junior Ross e Rengifo são os dois atacantes de mais nome do elenco, e ambos têm em comum o fato de surgirem como promessas e acabarem não explodindo. Com isso, o jovem Irven Ávila, ex-Sport Huancayo, acabou ganhando um lugar entre os titulares. Não é um ataque horrível, mas fica a sensação de que poderia ser melhor.

Até onde pode ir

Como o grupo não é dos mais fortes, pode brigar por uma vaga nas oitavas de final.

Time base

Sporting Cristal campinho

Técnico: Roberto Mosquera

VOLTAR AO GUIA

Mostrar mais

Ubiratan Leal

Ubiratan Leal formou-se em jornalismo na PUC-SP. Está na Trivela desde 2005, passando por reportagem e edição em site e revista, pelas colunas de América Latina, Espanha, Brasil e Inglaterra. Atualmente, comenta futebol e beisebol na ESPN e é comandante-em-chefe do site Balipodo.com.br. Cria teorias complexas para tudo (até como ajeitar a feijoada no prato) é mais que lazer, é quase obsessão. Azar dos outros, que precisam aguentar e, agora, dos leitores da Trivela, que terão de lê-las.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo