América do SulLibertadores

Com gol de Maxi Biancucchi, Olimpia vence Lanús

O Olimpia, tricampeão da Libertadores, conseguiu se recuperar da derrota na primeira partida para o Emelec e, em casa, bateu o Lanús por 2 a 1. O atacante Maxi Biancucchi, primo de Lionel Messi, marcou o gol da vitória dos paraguaios.

O time abriu o placar aos 24 minutos do primeiro tempo. Em uma cobrança de falta de Marin pelo lado direito, a bola passou por todo mundo e acabou entrando direto, abrindo o placar para o time da casa.

No segundo tempo da partida, o Lanús se lançou ao ataque para tentar o empate. Matías Fritzler e Mariano Pavone perderam chances para o time argentino, em chances claras. O empate ainda aconteceria, aos 26 minutos. Carlos Araujo aproveitou jogada de Silvio Romero e igualou o marcador: 1 a 1.

Poucos minutos depois, aos 34 minutos, Marín fez uma boa jogada e fez o passe para Maxi Biancucchi finalizar e definir o placar do jogo: Olimpia 2, Lanús 1.

Com isso, o Olimpia marca seus primeiros três pontos na tabela. O Lanús permanece com um ponto. Flamengo e Emelec completam a segunda rodada do Grupo 2 no dia 8 de março, no Rio de Janeiro.

Universidad Católica e Junior ficam no empate

Os colombianos do Junior conseguiram arrancar um empate por 2 a no jogo contra o Universidad Católica jogando em Saintiago, em jogo pelo grupo 3 da competição. Foi o segundo empate do time chileno na Libertadores.

Desta vez, porém, a situação foi pior para os chilenos. O time chegou a abrir 2 a 0 no primeiro tempo, com dois gols de Felipe Gutiérrez, aos 19 e aos 26 minutos. Só que no início da segunda etapa, o Junior diminuiu. Vladimir Hernandez marcou aos sete minutos. Aos 15, os colombianos já empataram com Héctor Andrés Quiñónes.

O resultado leva o Universidad Católica a dois pontos, enquanto o Junior marcou o seu primeiro ponto. O líder do grupo 3 é o Unión Española, que tem seis pontos. O Bolívar, por sua vez, tem um ponto e é lanterna.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo