Argentina

Riquelme se coloca à disposição do time reserva no Boca

O meia Juan Román Riquelme se mostrou sensato na noite desta quinta-feira ao conceder uma entrevista à Rádio La Plata. Na ocasião, o jogador admitiu que não tem condições de jogo para ir ao banco de reservas contra o Lanús, neste domingo, e se colocou a disposição do time reserva para ganhar ritmo de jogo.

Na Argentina, há um torneio organizado pela AFA somente com times reservas, como acontece nas principais ligas da Europa, para dar ritmo aos demais jogadores do plantel, sendo muitos deles juvenis e que não são aproveitados no time principal. “Se tiver que jogar algumas partidas com a Reserva para ficar em forma, vou fazer com muita gana”, destacou.

Sobre a sua presença no banco de reservas já na partida contra o Lanús, Riquelme se mostrou contrário, principalmente pelo fato do Boca não estar vivendo um bom momento no clube. “Eu iria contente ao banco, mas estaria ganhando alguma vantagem para ganhar no segundo tempo e o momento do Boca não convém isso”, destacou o jogador.

Por fim, Riquelme garantiu que não recebeu ligações do técnico interino da Seleção Argentina, Sergio Batista, e que não está com a cabeça na Seleção. “A última vez que conversei com Batista foi durantes as Olimpíadas e nunca mais conversei. Não posso pensar na Seleção enquanto não jogo no Boca”, agregou Román antes de completar. “Meu maior sonho agora é ganhar uma Libertadores com o Boca”, finalizou. (FutebolPortenho.com.br)

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo