Argentina

Diego Simeone deixa comando do San Lorenzo

Diego Simeone não é mais técnico do San Lorenzo. O treinador deixou o cargo na noite de sábado, depois da derrota em casa para o Gimnasia y Esgrima, por 1 a 0. Foi a sétima derrota do San Lorenzo em 12 jogos no torneio Clausura – o time soma 11 pontos e está na 17ª colocação, à frente somente de Boca Juniors, Rosario Central e Atlético Tucumán.

Simeone e os jogadores do San Lorenzo foram hostilizados durante todo o segundo tempo da partida de ontem. Sebastián Romero fez o gol do Gimnasia logo aos 6 minutos de jogo. Com o resultado, o treinador, que não pretendia deixar o cargo antes de colocar o time em uma posição melhor na tabela, acabou deixando o cargo “em comum acordo com a diretoria”, como informou Guillermo Zoppi, vice-presidente do clube, o que evitou a cobrança da multa rescisória entre as partes.

Diego Simeone estava no comando da equipe desde 2009. Em 40 jogos como treinador, conseguiu apenas 47% de aproveitamento: foi 11º colocado no Clausura de 2009; sétimo no Apertura – sem conseguir a vaga para a Libertadores deste ano – além de ter sido eliminado na Copa Sul-Americana pelo River Plate, do Uruguai, nas quartas de final.

Além da derrota do San Lorenzo, outros três jogos foram realizados neste sábado: o líder Independiente venceu o Arsenal de Sarandí por 1 a 0, gol de Leonel Núñez. Demais resultados: Argentinos Juniors 2 x 1 Chacarita; Newewll's Old Boys 0 x 2 Tigre.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo