Argentina

Bilardo diz que Batista não tem vantagem na briga pelo cargo

As vésperas do amistoso contra o Japão, a pressão sobre o técnico interino da seleção argentina, Sérgio Batista, aumenta cada vez mais. Em entrevista ao diário La Nación, o chefe das seleções nacionais, Carlos Bilardo, admitiu que o atual treinador não tem vantagem sobre os outros três postulantes à vaga definitiva herdada de Diego Armando Maradona após a Copa do Mundo.

Técnico da Argentina campeã mundial em 1986, Bilardo preferiu não citar os nomes dos candidatos – estes seriam Alejandro Sabella, Miguel Angel Russo, Carlos Bianchi, Diego Simeone, além do próprio Batista.

“Vou indicar três ou quatro nomes à comissão, mas vou dizer a vocês quando for o momento. Para ser técnico da seleção temos que ser exigentes. Alguns treinadores começam a carreira com títulos, mas depois ficam 15 anos sem ganhar nada”, destacou.

Sobre uma eventual vantagem a Batista, Bilardo admitiu que ela não existe, principalmente pelas partidas jogadas não serem num tom oficial. “Para mim não há, apesar da torcida acreditar que os resultados ajudam. Temos que levar em conta que essas são partidas amistosas, mais tranqüilas. Nas eliminatórias e na Copa América, as coisas vão mudar”, agregou. (FutebolPortenho.com.br)

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo