Alemanha

Presidente do Werder Bremen sofre acusações e renuncia

O presidente do Werder Bremen Jüergen Born renunciou ao cargo na sexta-feira, após série de denúncias da mídia alemã de que ele mantinha negócios pessoais com uma agência de jogadores peruana usando verbas do clube.

Born, que estava no cargo desde 1999, negou qualquer ação irregular.

“Diante das circunstâncias, de ter me tornado assunto de reportagens que me associam a transações financeiras com a empresa peruana ‘Image’, apresento a minha renúncia”, declarou no site oficial do clube.

“Posso assegurar que nunca tirei nenhuma vantagem financeira ilegal às custas do Werder Bremen, mas para provar isso exige tempo e eu quero proteger o time desse fardo desnecessário”.

O clube declarou que Kalus Allofs entrará como seu sucessor, ao menos temporário.

O Werder está em 10º na Bundesliga e tem leva a vantagem de 1 a 0 para a partida de volta da Copa Uefa contra o St-Etienne, na França, semana que vem.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo