Bundesliga

Witsel: “Ir para o Borussia Dortmund foi a melhor decisão esportiva que já tomei”

Axel Witsel pintou como um bom jogador no Benfica, notório fornecedor de talento para centros maiores da Europa. Mas ele tomou um caminho diferente: foi para o Zenit, da Rússia, depois para o Tianjin Quajian, da China. Apenas em 2018, aos 29 anos, o meia belga chegou a uma das ligas mais importantes do continente. E está bem feliz. 

“Ir para o Borussia Dortmund foi a melhor decisão esportiva que eu já tomei”, disse, em entrevista ao jornal alemão Bild. “Eu nunca joguei com melhores jogadores do que aqui. Além disso, a localização é ideal. Minha família e eu estamos próximos da nossa terra natal”. 

Dortmund fica a menos de 200 quilômetros de Liège, onde Witsel nasceu. O meia atuou 17 vezes na temporada, quase sempre os 90 minutos, e se tornou um jogador importante para a equipe de Lucien Favre. “Axel é um estrategista em campo e também um verdadeiro líder. Contratá-lo foi um golpe de sorte”, admitiu o diretor-esportivo do Dortmund, Michael Zorc. 

O começo de Bundesliga é ótimo para o Dortmund. São oito vitórias e três empates, a liderança, com quatro pontos de vantagem para o segundo colocado, e um triunfo importante, de virada, contra o Bayern de Munique. “Não é porque vencemos o Bayern que vamos falar de título. Temos que continuar nos concentrando nas próximas semanas”, disse Witsel. 

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo