Bundesliga

Union Berlim reagiu, mas Haaland fechou a vitória do Borussia Dortmund com um golaço por cobertura

O atacante mandou um chute cruzado por cobertura no ângulo para fechar a vitória por 4 a 2 que mantém o Dortmund no primeiro pelotão da Bundesliga

O Borussia Dortmund abriu 3 a 0 no começo do segundo tempo e parecia caminhar para uma vitória surpreendentemente tranquila contra o Union Berlim, mas os visitantes conseguiram reduzir a desvantagem para apenas um gol de diferença, a dez minutos do fim. Coube a Erling Haaland assegurar o triunfo por 4 a 2 com um golaço por cobertura, o seu segundo no dia e o 11º em oito partidas nesta temporada por todas as competições.

O gol de Raphaël Guerreiro para abrir o placar, com um chute cruzado pelo alto, não foi nada feio também, e Haaland ampliou para 2 a 0, ainda aos 24 minutos, cabeceando o cruzamento de Thomas Meunier. Senhor do primeiro tempo, o Dortmund começou bem o segundo também, e contou com o gol contra de Marvin Friedrich, errando a tentativa de corte após centro rasteiro de Marco Reus, para abrir uma vantagem bastante confortável no placar.

No entanto, vantagens confortáveis do Dortmund têm a tendência de se tornarem repentinamente desconfortáveis, e o Union Berlim encostou com Max Kruse cobrando pênalti e Andreas Voglsammer marcando de cabeça após escanteio batido por Niko Giesselmann.

Dois minutos depois, porém, Haaland foi lançado por Mats Hummels da defesa, deixou a bola pingar, ganhou da marcação no corpo e aproveitou a saída precipitada do goleiro Andreas Luthe para anotar uma pintura com um chute cruzado de perna esquerda por cobertura que morreu no ângulo do Union Berlim.

O Dortmund segue próximo da liderança com 12 pontos, um a menos que o Bayern de Munique. O Union Berlim somou seis e está em oitavo lugar.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo