Bundesliga

Ganhar ou ganhar: Dortmund se colocou em uma desnecessária posição

Dortmund foi derrotado em casa na última rodada da Bundesliga e, agora, precisa vencer ou pode ver sua vaga na próxima Champions evaporar

O Borussia Dortmund vinha de um 2024 espetacular, no qual não havia perdido uma partida sequer, mas viu sua lua-de-mel com as vitórias terminar no último final de semana, quando, pela Bundesliga, visitou o Hoffenheim e acabou sendo derrotado. Com isso, viu sua posição no G4 da competição só seguir porque o Bayern de Munique venceu o RB Leipzig e se colocou em uma armadilha: agora, o Dortmund é praticamente obrigado a vencer o Union Berlim, neste sábado (2), em novo jogo pelo Campeonato Alemão.

Perder para o Hoffenheim encerrou uma série de derrotas do Borussia Dortmund que vinha desde 9 de dezembro do ano passado, quando perdeu para o RB Leipzig, também pela Bundesliga. Agora, com uma distância de apenas um ponto em relação ao próprio time da Reb Bull, o Dortmund meio que fez a vitória em casa diante do Union Berlim virar uma obrigação, já que perder a vaga na próxima edição da Champions League acabaria sendo praticamente uma tragédia para o BVB.

Do lado do Union Berlim, uma vitória, apesar de não ser exatamente obrigatória pelas circunstâncias, seria mais do que salvadora para a equipe, que após uma última temporada mágica, fez um começo péssimo na atual e segue pagando os custos por isso. Atualmente, o Union está oito pontos na frente do Colônia, primeiro time na zona de rebaixamento do Campeonato Alemão. Mas a situação já foi pior e o time chegou, durante várias rodadas, a estar dentro do Z3. Vencer neste sábado, então, seria praticamente dar adeus às chances de queda e firmar que, sim, o time voltou à boa fase.

Como o Borussia Dortmund chega para o jogo contra o Union Berlim

Apesar da derrota inesperada e dolorida diante do Hoffenheim, o Borussia Dortmund está bem longe de reencontrar a crise que assolou os aurinegros por praticamente metade desta temporada. E para manter essa distância segura dos problemas, vencer o Union Berlim, mesmo atuando distante de sua torcida, é essencial para as ambições do Dortmund em uma Bundesliga que, a cada rodada, parece ter o Bayer Leverkusen como seu virtual campeão.

O que acabou chamando a atenção na derrota para o Hoffenheim e precisa ser consertado em tempo é o como Niclas Füllkrug parece ficar isolado em jogos nos quais ele não está bem. Mesmo tendo sido bastante ativado pelos companheiros, o artilheiro do Borussia Dortmund na Bundesliga com 11 gols foi bastante mal, o que acabou fazendo com que, por exemplo, um bom jogo de Marco Reus e Jadon Sancho na armação de jogadas acabasse por não fazer diferença.

O bom fator que pode acabar animando a torcida do Borussia Dortmund é que se o time, diferente do que foi nas últimas temporadas, é irregular quando joga diante da sua torcida, consegue fazer bonito quando atua como visitante. Jogando fora do Signal Iduna Park, o Dortmund perdeu apenas uma vez em onze jogos, tendo vencido quatro partidas e empatado mais seis. Não é o desempenho dos sonhos, é claro, mas faz da equipe a quarta melhor visitante do Campeonato Alemão e é um dos motivos pelos quais o time ainda luta por uma vaga na próxima Champions League.

Como o Union Berlim chega para o jogo contra o Borussia Dortmund

Se a sequência invicta do Borussia Dortmund caiu, o Union Berlim tem também uma para chamar de sua: desde que perdeu para o Bayer Leverkusen, jogando em casa, no já distante 12 de novembro do ano passado, o Union não perde mais jogos como mandante na Bundesliga. É neste retrospecto que o time vai se agarrar para vencer um dos times da ponta da tabela e tentar se livrar de vez do fantasma do rebaixamento.

Parece distante, hoje, o tempo em que o Union Berlim estava bem, classificado para a primeira Champions League de sua história. Mas foi na temporada passada, que teve história extremamente diferente do que está acontecendo na atual. Mesmo tendo se reforçado, o Union saiu do eixo, lutou na parte de baixo da tabela durante todo o Campeonato Alemão, e só agora tem conseguido respirar mais aliviado.

No momento, são quatro jogos seguidos de invencibilidade, sendo duas vitórias e dois empates, o que deu uma segurança na tabela e, hoje, oito pontos distante da zona de rebaixamento, ser rebaixado passou a ser uma realidade para lá de distante para o Union Berlim. Por isso, aos trancos e barrancos, para o time da capital da Alemanha, hoje será dia de tentar, pelo menos, atrapalhar os sonhos do Borussia Dortmund.

 

Foto de Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de eSports no The Clutch. Além disso, atuou como assessor de imprensa no setor público e privado.
Botão Voltar ao topo